Fonte: OpenWeather

    Política


    Reunião em Brasília deve definir próximos passos da eleição para governador do AM

    Diretor-geral do TRE-AM, Messias Andrade, foi a Brasília para discutir eleições no Estado - Divulgação

    O diretor-geral do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), Messias Andrade, está em Brasília para uma reunião com o diretor-geral do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Maurício Caldas, às 13h (horário de Brasília).

    Leia também: Celso de Mello decide manter eleição direta no AM

    O TSE não confirma detalhes do encontro, mas é certo que a pauta tem a ver com a decisão proferida pelo ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal, que determinou a continuação do processo eleitoral e a realização de eleições suplementares no Amazonas, derrubando a decisão do ministro Ricardo Lewandowski, que suspendeu o pleito no dia 28 de junho.

    De acordo com a Assessoria do TSE, o tribunal ainda não foi notificado oficialmente da decisão de Celso de Mello, o que deve acontecer nas próximas horas. Ao final do encontro, está programada uma coletiva de imprensa, quando mais detalhes devem ser divulgados. A manutenção ou alteração do calendário previsto para os programas de rádio e tv dos candidatos deve estar entre os assuntos do encontro.

    Reviravolta

    Atendendo a uma solicitação da chapa encabeçada por Eduardo Braga, o juiz Celso de Mello julgou procedente o recurso que deu seguimento as eleições no Amazonas, sob argumento de que outras instâncias ainda deveriam se manifestar sobre o caso, antes dele ser julgado pelo Superior Tribunal Federal.

    Raphael Sampaio
    EM TEMPO

    Leia mais:

    Futuro das eleições no AM nas mãos de Celso de Mello no STF

    Lewandowski divulga nova decisão; entenda porque Melo não volta ao Governo do AM

    Candidatos brigam na Justiça para derrubar veto à eleição direta no AM

    Mais lidas

    1. Lava Jato investiga uso de subsidiárias da Petrobras para favorecer Odebrecht

    2. Temer exonera oito ministros

    3. Líder do governo na Aleam confirma mais três apoiadores na base

    4. Sob pressão, Aécio indica que deixará presidência do PSDB

    5. Amazonino Mendes empossa novos gestores