Fonte: OpenWeather

    Política


    Amazonino Mendes anuncia que não vai participar de último debate

    Amazonino alegou que é atacado por Braga, já o peemedebista lamentou o cancelamento do confronto de ideias

    Menos de 3h para começar o último debate televisivo antes do segundo turno da eleição suplementar, o candidato Amazonino Mendes (PDT) anunciou, por meio de nota oficial, na noite desta sexta-feira (25), que não vai participar do embate com Eduardo Braga (PMDB). Alegando ser alvo de ataques, o cacique da política amazonense abriu mão do espaço para o peemedebista.

    Na última pesquisa do pleito, divulgada nesta quinta-feira (24) pelo DMT/REDE TIRADENTES, Amazonino Mendes aparecia na frente de Eduardo Braga com até 30 pontos percentuais. A vantagem pode ter sido um dos fatores que influenciou o político a não ir ao debate desta noite.

    Leia também: Pesquisa aponta vitória de Amazonino com até 30 pontos percentuais

    O estudo apontou a vitória de Amazonino com 43,6% da preferência popular. Já Eduardo Braga ficou com 25,2% das intenções de voto. A pesquisa apontou também que o senador pode ficar em terceiro lugar perdendo para nulos e brancos, que ficou com 24,4% pontos.

    Veja a nota na íntegra divulgada pela coligação “Movimento pela reconstrução do Amazonas”, de Amazonino Mendes:

    "Ao longo desta campanha, fui alvo de inúmeros ataques. Enquanto apresentamos nossa proposta para reconstruir o Amazonas e planejar o futuro do nosso Estado, fomos confrontados com inverdades, numa campanha desleal, de baixo nível, promovida pelo meu adversário. Apenas em inserções na rádio e na televisão foram mais de quatro mil ataques. Uma campanha muito diferente da que a população espera ver em um momento tão delicado para o Amazonas. Por tudo isso, e pela certeza de que meu adversário age dessa forma, por acreditar que esta é a única forma de fazer política, fiz uma escolha. Optei por não participar do encontro promovido pela Rede Amazônica. Com um adversário desleal, que faz o jogo sujo da velha política, um debate sincero, honesto e propositivo não é possível"

    Eduardo Braga

    Nas redes sociais o peemedebista ainda não comentou a posição do seu adversário no segundo turno. A assessoria de imprensa de Braga informou que a presença do candidato no debate está confirmada e lamenta a saída do adversário.

    "O debate é um momento de confronto de ideias, instante em que os dois podem mostrar as propostas para o povo do Amazonas. A população é quem perde com isso porque aguarda esse momento para escolher o seu candidato. O adversário praticamente fugiu de quase todos os debates dessa eleição suplementar".

    Debate

    O Diretor de Jornalismo da Rede Amazônica, Luis Augusto Pires, afirmou à reportagem que caso o candidato não compareça até o horário estipulado no regulamento do debate, entre 22h15 e 22h30, o veículo de comunicação vai cancelar o debate e fará apenas uma entrevista de 20 minutos com o candidato presente.

    Bruna Souza
    EM TEMPO