Fonte: OpenWeather

    Política


    Manifestantes protestam contra Lula no Rio de Janeiro

    Foi a maior manifestação encarada por Lula desde o início de sua caravana, em agosto

    Foi a maior manifestação encarada por Lula desde o início de sua caravana, em agosto
    Foi a maior manifestação encarada por Lula desde o início de sua caravana, em agosto | Foto: DOUGLAS MAGNO

     O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva enfrentou protestos e percalços nesta terça-feira (5), segundo dia de sua caravana pelos Estados do Espírito Santo e Rio de Janeiro.

    Com uma faixa com a inscrição "Lula, ladrão, seu lugar é na prisão", cerca de 200 apoiadores do deputado Jair Bolsonaro (PSC) fizeram uma manifestação nas escadarias da Câmara de Vereadores de Campos, diante da praça onde Lula deu início à visita ao Estado do Rio.

    Foi a maior manifestação encarada por Lula desde o início de sua caravana, em agosto.Os simpatizantes de Bolsonaro queimaram bandeiras e gritaram palavras de ordem. Entre os gritos, o nome de Brilhante Ustra.Os organizadores do protesto, o engenheiro Vander Paulo Silveira Júnior e o administrador Carlos Víctor Carvalho (CVC), ambos de 29 anos, afirmaram que a intenção é levar Bolsonaro à cidade, onde garantem ter 7.000 adeptos em sua página na rede social. 

    Sem filiação partidária, Vander pretende ingressar no partido militar.Os dois contam já terem se reunido com Flávio Bolsonaro, filho do pré-candidato.Do outro lado da rua, cerca de dois mil militantes assistiam ao discurso do ex-presidente. A PM não fez estimativa de participantes.

    Do palanque, de onde se podia ouvir a vaia de manifestantes, Lula chamou a população do Rio de cordata, mas disse que o fluminense se sente traído pela classe política.


    Ele contou ainda ter sido alertado por seus colaboradores sobre o ânimo do eleitor do Rio. Interlocutores do ex-presidente dizem que, advertido, Lula afirmou que não se entra no jogo apenas quando se está em vantagem."Se o povo está desacreditado, a gente tem que conversar seriamente com o povo", discursou.