Fonte: OpenWeather

    Saúde E Bem Estar


    Microagulhamento estimula o rejuvenescimento da pele

    A técnica também trata a calvície

    De acordo com o fisioterapeuta especializado em terapia dermato-funcional, Milton Beltrão, a técnica tem o objetivo de estimular a renovação da pele provocando micro lesões e a consequente cicatrização dessa região. “Esse processo é recomendado para tratamento de acne, manchas e linhas de expressão, além de ser utilizado contra calvície e tratamento de seborreia”, informa.

    Milton ressalta que o paciente submetido a esse procedimento deve estar em condição clínica adequada, sob dieta que inclua proteínas, para conseguir a melhor resposta química com o tratamento.

    O especialista também alerta que é necessário procurar clínicas com profissionais qualificados em nível superior como dermatologistas, farmacêuticos e fisioterapeutas. “É preciso cuidado pois se trata de um tratamento complexo”, afirma.

    Duas a três sessões a cada 45 dias são necessárias para gerar um resultado satisfatório. “Como essa técnica causa um processo inflamatório, é preciso respeitar o tempo mínimo para o restauro completo da pele”, diz. Quando o microagulhamento é feito com agulhas de gramatura a partir de 1 milímetro, é administrada anestesia.

    Cuidados antes e depois da realização da técnica são recomendados pelo fisioterapeuta. “O preparo da pele para o procedimento inclui peeling químico e físico e um trabalho de esfoliação. Após passar pela técnica, é preciso usar produtos para higienização do tecido e protetor solar”, aconselha Beltrão. Uma sessão de microagulhamento custa, em média, entre R$ 650 e R$ 950.

    Em Manaus, dois locais estão credenciados para realizar a técnica: as clínicas Raykelly Devezas (rua Luiz de Camões, 103, bairro Santo Antônio) e Eva Moura (rua 5, casa 37 Conjunto Vila Municipal).

    Kássio Nunes
    EM TEMPO