Fonte: OpenWeather

    Sem Categoria


    Homem é suspeito de roubar R$ 45 mil de empresário em agência bancária de Manaus

    Nilson Tavares dos Santos, 33, teria abordado a vítima, após ver que esta foi barrada pelo detector de metais do estabelecimento, já que o dinheiro estava dentro de uma maleta – foto: Arthur Castro
    Nilson Tavares dos Santos, 33, teria abordado a vítima, após ver que esta foi barrada pelo detector de metais do estabelecimento, já que o dinheiro estava dentro de uma maleta – foto: Arthur Castro

    Um homem, identificado como Nilson Tavares dos Santos, 33, foi preso na tarde desta quarta-feira (20), por roubar R$ 45 mil em dinheiro de um empresário, que não quis se identificar.

    O suspeito foi notificado para comparecer ao 22º Distrito Integrado de Polícia (DIP), situada no bairro Nossa Senhora das Graças, Zona Centro-Sul de Manaus, para prestar esclarecimentos, onde foi autuado por roubo majorado, após um mês de investigações.

    O crime ocorreu no dia 7 de abril, na agência do Banco Bradesco, situada na rua Djalma Batista, na mesma área da capital amazonense.

    Segundo informações da Polícia Civil, a vítima estava na agência – com o dinheiro dentro da maleta –, mas foi impedido de entrar com o objeto pelo detector de metais. Ao avisar que estava portando uma grande quantidade em dinheiro, o empresário foi abordado por Nilson, que estava armado, efetuou o assalto e conseguiu fugir do local.

    O crime foi investigado por meio de imagens cedidas pelas câmeras da agência e pelo horário do ocorrido. A vítima reconheceu Nilson pelas imagens das câmeras e pessoalmente como o autor do roubo. Porém, o suspeito nega o crime.

    Reincidente

    Nilson foi flagranteado quatro vezes e responde a quatro processos no Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) – três por roubo e um por porte ilegal de arma de fogo.

    A prisão preventiva do suspeito foi expedida na última sexta (15), pelo juiz Genezino Braga da 10ª Vara Criminal. O caso foi registrado no 22º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

    Por Narel Desiree (especial EM TEMPO Online)