Fonte: OpenWeather

    Sem Categoria


    Ex-cabo da PM é morto a tiros durante perseguição policial que acabou em acidente, no Tarumã

    O caso será investigado pela corregedoria da Polícia Militar do Amazonas - foto: divulgação
    O caso será investigado pela corregedoria da Polícia Militar do Amazonas - foto: divulgação

    O ex-cabo da Polícia Militar Jancicley Stone de Souza, 30, foi morto com 12 tiros, após uma perseguição policial, na noite dessa terça-feira (25). O fato ocorreu na avenida do Turismo, bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus.

    De acordo com a polícia, a perseguição começou após policiais da Força Tática avistarem um veiculo modelo Hilux, com branca, sem placa, saindo do ramal Anaconda, localizado dentro da invasão Cidade das Luzes, no Tarumã.

    A guarnição pediu para o condutor parar o carro, mas o homem acelerou na intenção de fugir do cerco policial.
    Ainda segundo a polícia, durante a fuga, o motorista da Hilux teria atirado nos policiais, que revidaram e disparam aproximadamente 30 vezes em direção ao carro. A vítima foi atingida por 12 tiros, o que a teria feito perder o controle do veiculo, que capotou até cair em um barranco.

    Jancicley não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Dentro do veiculo foi encontrada uma pistola PT 380 e um carregador vazio.

    O Corpo de Bombeiros foi acionado para retirar a vítima que estava presa nas ferragens. O corpo foi removido pelo Instituto Medico Legal (IML), onde passará por exame de necropsia.

    O caso será investigado pela corregedoria da Polícia Militar do Amazonas.

    Por Mara Magalhães