Fonte: OpenWeather

    Sem Categoria


    Fumaça continua a encobrir Manaus e aeroporto opera por instrumentos; no fim de semana foram 12 focos de queimadas

    A grande quantidade de incêndios registrada no Amazonas é responsável pelas nuvens de fumaça - foto: Márcio Melo
    A grande quantidade de incêndios registrada no Amazonas é responsável pelas nuvens de fumaça - foto: Márcio Melo

    Devido à forte a fumaça que atinge a capital amazonense deste do fim de semana, o aeroporto internacional Eduardo Gomes, localizado na Zona Oeste, opera com a ajuda de instrumentos para pousos e decolagens desde a madrugada desta segunda-feira (19).

    Segundo a Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), a operação por instrumentos iniciou à meia-noite, mas até o momento não foi registrado atrasos ou cancelamentos de voos.

    O fumaceiro atinge toda a capital e municípios vizinhos. O forte cheiro de queimado vem causando transtornos à população, como problemas respiratórios.

    A principal suspeita para o fenômeno são as frequentes queimadas que vêm atingindo diariamente a capital e o interior.

    O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) informou que a falta de ventos atmosféricos e baixas temperaturas durante a noite fazem o ar ficar mais pesado e acabam causando o fumacê.
    Queimadas

    A grande quantidade de incêndios registrada no Amazonas é responsável por uma nuvem de fumaça que tem encoberto diversos municípios nos últimos dias.

    O Corpo de Bombeiros registrou durante todo o fim de semana 12 focos de incêndio em Manaus e municípios da Região Metropolitana, sendo dois de grandes proporções, que consumiram dois estabelecimentos comerciais da cidade. Os incêndios aconteceram em área de vegetação na capital no município de Rio Preto da Eva (a 57 quilômetros de Manaus).

    O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) informou que o Estado registrou recorde de incêndios neste ano, com 11.104 focos. Somente em setembro, foram mais de 5 mil casos. Em outubro, já foram mais de 700 ocorrências.

    Temperatura

    Na página do Inmet, os registros dão conta de que entre esta segunda-feira (19) e o próximo sábado (24), haverá a probabilidade de chuvas, o que pode desfazer as nunes de fumaça.

    Por Mara Magalhães

    Colaborou Joandres Xavier