Fonte: OpenWeather

    Sem Categoria


    Por falha, 20 mil eleitores terão de refazer cadastro biométrico

    Segundo secretário de Tecnologia do TRE-AM, Messias Andrade, falha no cadastro biométrico é considerada “normal” – foto: divulgação/TER-AM
    Segundo secretário de Tecnologia do TRE-AM, Messias Andrade, falha no cadastro biométrico é considerada “normal” – foto: divulgação/TER-AM

    Uma falha no sistema utilizado para o cadastro biométrico do Tribunal Regional Eleitoral (TER-AM) resultou, até a última semana, em um novo cadastramento biométrico de, aproximadamente, 20 mil eleitores do Amazonas.

    Segundo o secretário de Tecnologia da Informação do tribunal, Messias Andrade, a falha no procedimento é comum e afetou, até a última semana, 2% dos cadastramentos biométricos diários feitos pela Justiça Eleitoral no Estado, mas não deverá comprometer o cronograma de atendimentos estabelecido pelo tribunal.

    De acordo com o TRE-AM, não existe uma única zona eleitoral afetada pelo problema.

    O tribunal informou que entre os principais motivos que acarretam no retrabalho de cadastramento das biometrias dos eleitores estão pendências em fotos e digitais, assinaturas não legíveis, além de eleitores alocados em locais de votação que não funcionarão este ano.

    “Esse procedimento (recadastramento) não traz transtornos aos eleitores e nem deverá atrasar o processo de cadastro biométrico, uma vez que ao ser diagnosticado o problema (falha no cadastro), o eleitor deverá seguir direto a sua sessão eleitoral para atendimento, sem precisar passar por fila de espera ou agendamento no sistema”, explicou Messias Andrade.

    De acordo com o secretário de Tecnologia, o eleitor que tiver de refazer o cadastro biométrico receberá uma notificação, enviada pelo tribunal, para comparecer no local onde foi realizado seu cadastro biométrico.

    O cadastro biométrico em Manaus vai até o dia 26 de fevereiro deste ano, segundo cronograma previamente estabelecido pela Justiça Eleitoral.

    Para cumprir a meta, o TRE-AM disponibilizou dez postos de atendimentos espalhados, estrategicamente, por toda a cidade para os atendimentos que devem ser agendados no site do tribunal.

    Por Henderson Martins