Fonte: OpenWeather

    Sem Categoria


    Homens se passavam por pastores para cometer assalto na Zona Oeste

    Os suspeitos usavam paletó, gravata e uma bíblia para se passarem por pastores e cometerem os roubos - foto: divulgação
    Os suspeitos usavam paletó, gravata e uma bíblia para se passarem por pastores e cometerem os roubos - foto: divulgação

    Os suspeitos José Robson Picanço, 27, Johm Joseph dos Santos Gois, 31, foram presos na manhã desta sexta-feira (22), após efetuarem vários assaltos pela cidade se passando por pastores, com direito a levar bíblia embaixo do braço. A prisão ocorreu no bairro Parque Riachuelo, Zona Oeste de Manaus.

    De acordo coma delegada titular do 6ª Distrito Integrado de Polícia (DIP), Marna Miranda os suspeitos usavam paletó, gravata e uma bíblia para se passarem por pastores e cometerem os roubos.

    “Eles se passavam por pastores evangélicos para não levantarem suspeitas e realizar os roubos. Eles carregavam até a bíblia no momento em que entravam nos estabelecimentos” disse Marna Miranda.

    Ainda conforme a delegada, os homens foram presos depois de assaltarem a drogaria Pague Menos, situada nas proximidades do 6ºDIP e as câmeras de segurança do estabelecimento flagraram a ação dos bandidos.

    “Após vermos as imagens começamos as investigações. Pedi apoio da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd) e conseguimos prender esses criminosos” concluiu a delegada.

    Durante a prisão os suspeitos foram encontrados um revólver calibre 38 com quatro munições e as roupas que eram usadas para cometerem os crimes. Conforme a polícia, os homens já respondem na Justiça pelos crimes roubo, furtos e tráficos de drogas.

    A dupla foi autuada por roubo majorado e associação criminosa. Após os procedimentos serão levados para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro.

    Por Mara Magalhães