Fonte: OpenWeather

    Sem Categoria


    Movimentos sociais encaminham carta-manifesto contra impeachmet à Conceição Sampaio

    Quarenta e três movimentos sociais das mulheres e feministas do Amazonas assinaram o documento - foto: divulgação
    Quarenta e três movimentos sociais das mulheres e feministas do Amazonas assinaram o documento - foto: divulgação

    Quarenta e três movimentos sociais das mulheres e feministas do Amazonas assinaram, nessa quinta-feira (24), uma carta-manifesto contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT).

    Na carta-manifesto, encaminhada à deputada federal Conceição Sampaio (PP), os movimentos sociais classificam como golpe o pedido de impeachment.

    “Apoiar um processo de impeachment sem fato jurídico concreto e comprovado contra uma mulher, nossa presidente Dilma Rousseff, eleita legitimamente, sem comprovação de ter cometido nenhum crime, é golpe, pois a senhora muitas vezes era citada, apontada como uma parlamentar que ouvia os movimentos sociais e, por várias vezes, repetiu que, caminhando conosco, aprendeu a caminhar com a causa das mulheres. Assinar e votar pelo impeachment é golpe ao Estado Democrático de Direito”, escreveram as líderes dos movimentos à Conceição Sampaio.

    Resolução da crise

    Na carta-manifesto, as lideranças afirmam que acreditar que a saída para a crise econômica e política “jamais poderia passar ao largo das nossas instituições e do respeito à legalidade. Sendo assim, ciosas do nosso papel de mulher/feminista/lutadoras dos direitos humanos das mulheres”.

    “Nós dos Movimentos das Mulheres e Feministas, e demais grupos organizados, no Amazonas compreendemos as dificuldades pelas quais o país atravessa e estamos juntas e juntos refletindo, dialogando e lutando para superá-las”.

    No final do documento, as líderes dos movimentos feministas pedem que os parlamentares, especialmente as mulheres, repensem o posicionamento e passem a lutar no Congresso Nacional contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

    “Requeremos que tome posição pela defesa do estado democrático de direito estabelecido na constituição federal, vote contra impeachment, e a favor da continuidade das conquistas das mulheres”, escreveram à Conceição Sampaio.

    O EM TEMPO tentou contato com a deputada federal Conceição Sampaio, mas não obteve sucesso.

    Por equipe EM TEMPO