Fonte: OpenWeather

    Sem Categoria


    Temer escolhe tucano Aloysio Nunes como líder do governo no Senado

    Crítico ferrenho do governo Dilma Rousseff, o tucano foi vice na chapa presidencial do senador Aécio Neves
    Crítico ferrenho do governo Dilma Rousseff, o tucano foi vice na chapa presidencial do senador Aécio Neves

    O presidente interino Michel Temer definiu na noite de segunda-feira (30) o senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) como novo líder do governo no Senado.

    A ideia do Palácio do Planalto até o final da semana passada era escolher uma mulher para o posto, entre elas Ana Amélia (PP-RS) e Simone Tebet (PMDB-MS). Os nomes, contudo, não tiveram apoio da maior parte da base aliada, o que levou o governo a recuar e a buscar um nome de consenso.

    Crítico ferrenho do governo Dilma Rousseff, o tucano foi vice na chapa presidencial do senador Aécio Neves (PSDB-MG).

    Ele é alvo de um inquérito para averiguar suspeita de caixa dois, citada na delação do ex-presidente da empreiteira UTC, Ricardo Pessoa. O caso não tem relação com a Operação Lava Jato, e Aloysio nega ter cometido qualquer irregularidade.

    Para a Câmara dos Deputados, o peemedebista havia escolhido o deputado federal André Moura (PSC-SE), aliado de Eduardo Cunha e réu em três ações penais no Supremo Tribunal Federal sob a acusação de desviar dinheiro público.

    Moura é investigado ainda em pelo menos três outros inquéritos, entre eles por suposta participação em tentativa de homicídio e no esquema de corrupção da Petrobras. Ele se diz inocente.

    Por Folhapress