Fonte: OpenWeather

    Sem Categoria


    Governo garante Jogos Olímpicos em Manaus

    O governador José Melo se reuniu com os principais coordenadores estaduais à frente da organização da competição - foto: Diego Janatã
    O governador José Melo se reuniu com os principais coordenadores estaduais à frente da organização da competição - foto: Diego Janatã

    A realização dos Jogos Olímpicos em Manaus, entre os dias 4 e 9 de agosto, é uma prioridade para o governo do Amazonas. Para garantir o cumprimento de todos os cronogramas estabelecidos pelo Comitê Olímpico Internacional, nesta sexta-feira (17), o governador José Melo se reuniu com os principais coordenadores estaduais à frente da organização da competição.

    “Não há a menor possibilidade de não mantermos as Olimpíadas em Manaus. Nós estamos com todo o cronograma adequado até 17 de julho, que é o dia acertado com o Comitê Olímpico para entregarmos todos os serviços em funcionamento”, afirmou o secretário de Estado de Cultura, Robério Braga, responsável pelo andamento dos projetos olímpicos.

    A reunião, que aconteceu na sede do governo do Amazonas, também teve a participação do coordenador do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos em Manaus, Mário Aufiero, e dos secretários da Juventude, Esporte e Lazer, Fabrício Lima, e de Infraestrutura, Américo Gorayeb.

    De acordo com Robério Braga, o governador José Melo tem acompanhado pessoalmente o andamento de todas as tratativas e preparativos para a competição internacional e trata do tema como prioridade. “Já estamos trabalhando há uns 15 dias e já fizemos várias reuniões, inclusive com o Comitê Olímpico do Rio de Janeiro. Todos estão acompanhando de perto nossos cronogramas”, explicou.

    Competência

    Ainda segundo o secretário, um evento de grande porte como as Olimpíadas exige uma equipe alinhada e competente. “Esse é o maior evento da face da Terra. Então, isso não se realiza com uma pessoa, duas ou três. É preciso uma equipe multidisciplinar, experiente, madura, que nosso governo possui em todas as frentes, seja na área de esporte, infraestrutura ou logística”, completou.