×
Programa Jovem Senador

Aluna de escola pública representa o AM no Programa Jovem Senador, em Brasília

Estudante passará uma semana vivenciando trabalho dos parlamentares no Congresso Nacional

Estudante Esthefane Feitosa de Barros.
A aluna foi selecionada pelo concurso de redação, no qual concorreu com mais de 60 estudantes de todo o estado. - Eduardo Cavalcante/Seduc-AM

Brasília (DF) – A estudante Esthefane Feitosa de Barros, da Escola Estadual Ruy Alencar, localizada na zona Norte de Manaus, irá representar o Amazonas, em Brasília, por meio do Programa Jovem Senador, que simula a vivência de um parlamentar no Congresso Nacional.

A aluna foi selecionada pelo concurso de redação, no qual concorreu com mais de 60 estudantes de todo o estado.

Estephane conquistou a vaga com redação com o tema “200 anos de independência: lições da história para a construção do amanhã”, fazendo uma analogia entre a política e a História do Brasil.

A estudante se baseou em pesquisas e contou com o auxílio do orientador e professor de Língua Portuguesa, Elianai Castro.

No fim do mês de junho, ela e mais 26 estudantes de Ensino Médio das escolas públicas estaduais – sendo um de cada estado e um do Distrito Federal – vão se reunir nas comissões e no Plenário para apresentar, discutir e aprovar sugestões que podem, futuramente, tramitar como Projetos de Lei (PL), caso sejam acolhidas pela Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH).

Com sua primeira experiência na vida parlamentar por vir, Esthefane comenta a importância de debater política na escola.

Eu fico muito feliz e ansiosa com tudo. Por conta do ‘Jovem Senador’, outros participantes puderam começar a entrar na carreira política, e eu já tinha interesse nisso, saber mais como funciona e ingressar nesse meio. Então, falar sobre política na escola é muito importante, pois os jovens são o futuro do Brasil e precisam ter esse conhecimento”, pontua Esthefane.

Elianai, orientador da estudante, reforça que o processo foi difícil, mas a dedicação de Esthefane fez o diferencial.

“Com o apoio da escola, dos professores das demais disciplinas e do gestor, pudemos passar pelo processo de uma forma mais fácil. Em relação à viagem, a ansiedade faz parte do processo de conquista, mas eu espero que seja uma semana muito proveitosa para todos”, reitera.

Professor orientador Elianai Silva. – Eduardo Cavalcante/Seduc-AM

Premiação

Os alunos selecionados para ir até a capital federal terão experiência vivencial em Brasília como jovens senadores, com todas as despesas pagas pelo Senado Federal, e receberão diploma de posse como Jovem Senador 2022, além de certificado de participação no concurso de redação.

Os professores orientadores também terão a vivência em Brasília, com despesas pagas pelo Senado Federal, e com participação em cursos especialmente desenvolvidos para que possam aprofundar seus conhecimentos sobre o trabalho legislativo.

Eles receberão, ainda, certificado de participação no concurso de redação.

*Com informações da Agência Amazonas

edição Web: Bruna Oliveira

Leia mais:

Firmado contrato para lançamento de biografia de egresso do sistema socioeducativo no AM

Alunos em Manaus avançam na Olimpíada Brasileira de Biologia

Aluna de Parintins conquista medalha de ouro na Olimpíada Amazonense de Química

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.