×
Data

Entenda o motivo da “sexta-feira 13” ser considerada uma data de azar

Em todo o mundo, há quem acredite fortemente que a data é sinônimo de azar

Pelo menos uma vez ao ano, a sexta-feira cai em um dia 13 e causa um certo desconforto em pessoas supersticiosas. Em todo o mundo, há quem acredite fortemente que a data é sinônimo de azar. Muitas pessoas decidem remarcar exames e reuniões importantes com medo da má sorte.

Nos Estados Unidos, o medo da “sexta-feira 13” pode atingir até 21 milhões de indivíduos, o que representa cerca de 5% da população norte-americana, segundo a pesquisa realizada pelo Stress Management Center e do Phobia Institute (EUA).

O medo é tão grande que se estima que até US$ 900 milhões sejam perdidos anualmente devido à data. Muitas pessoas simplesmente evitam fechar negócios ou até decidem em não sair da cama no dia.

Mas você sabe o motivo do número 13 ser considerado de azar? Há algumas teorias para o caso.

Um mito nórdico conta que 12 deuses haviam marcado um jantar em Valhalla, atual Alemanha. Loki, o trapaceiro, entrou de penetra como o 13.º convidado e provocou um assassinato. A partir daí, o 13 teria sido associado ao azar.

O baralho do jogo de tarô é composto de 78 cartas. E a carta de número 13 é justamente a carta da Morte, mas raramente refere-se realmente à morte física. Já no jogo de búzios, o 13 também é considerado um número preocupante. Muitos interpretam como doença e morte, entre outros significados.

Alguns estudiosos acreditam que o romance “Friday, the Thirteenth” (traduzido para: Sexta Feira 13), escrito por T. W. Lawson, seja um dos motivos para tanto medo. No romance publicado em 1907, um corretor sem escrúpulos aproveita a superstição para criar um pânico em Wall Street justamente em uma sexta-feira 13.

Azar da data tem ligação com mito nórdico e coincidências religiosas Foto: Reprodução

Os mais religiosos acreditam que sexta-feira dá azar porque foi o dia da semana em que Jesus foi crucificado. A Última Ceia, tela de Leonardo da Vinci, retrata 13 pessoas à mesa. De acordo com o Novo Testamento, treze pessoas estavam no cenáculo no dia 13 do mês judaico Nissan.

Segundo Denny Heide, do site Meu Astro, o principal problema da sexta-feira 13 é o poder da crença. “Quando alguém acredita em algo negativo, isso cria um estado de espírito complexo, que pode gerar medo e ansiedade, emoções altamente destrutivas e que – aí sim – abrem as portas para a entrada das energias negativas”, disse.

Para evitar ficar paralizado pelo medo da sexta-feira 13, Denny recomenda fazer alguns rituais positivos para pedir a paz mental e libertação dos medos ligados à data. 

*Estado de Minas

Leia mais:

Vídeo: homem é preso após ser flagrado com ouro na peruca; veja

Animais de rua estão mais vulneráveis no interior do Amazonas

Com mais de 100 animais resgatados, associação incentiva adoção e carece de doações

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.