×
VIGILÂNCIA

Capacitações sobre Vigilância Epidemiológica Hospitalar retomam no AM

Reunião é a primeira de 2022 e faz parte de cronograma de educação permanente

A iniciativa conta com a apoiadora do Ministério da Saúde, Fabiana Bianchet.

Manaus (AM) – A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Drª Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP) retomou, nesta quarta-feira (16), os encontros mensais que fazem parte de cronograma de educação permanente para fortalecer os núcleos de Vigilância Epidemiológica Hospitalar no Amazonas.

A iniciativa é da Rede Nacional de Vigilância Epidemiológica Hospitalar no Amazonas (Renaveh-AM) e conta com a apoiadora do Ministério da Saúde, Fabiana Bianchet.

Participam 31 Núcleos de Vigilância Epidemiológica Hospitalar de Manaus, incluindo dois da iniciativa privada.

Representantes de outros seis núcleos do interior do Estado participaram da capacitação de forma virtual.

A estratégia, que também conta com profissionais de saúde da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH), é realizada em conjunto com o Centro de Informações Estratégicas e Resposta em Vigilância em Saúde do Amazonas (CIEVS-AM) e o CIEVS Manaus.

Conforme orientação do Ministério da Saúde, por meio do Renaveh, os núcleos devem estar aptos a detectar, oportunamente, as mudanças no perfil epidemiológico das doenças”, afirma a diretora-presidente da FVS-RCP, Tatyana Amorim.

Os temas das capacitações envolvem agravos (doenças) e eventos de saúde pública que exigem notificação compulsória em até 24 horas, como tétano, meningite, botulismo e Covid-19.

Também foram tratadas as especificidades da atuação dos núcleos hospitalares diante de enchentes, surtos, acidentes e doenças pouco conhecidas.

Segundo a coordenadora estadual da Renaveh-AM, Andréia Santos, as equipes dos núcleos do Amazonas devem estar interligadas em rede.

A equipe deve ser coesa para que se possa ter o controle e reduzir números de casos de doenças o mais rápido possível, após as notificações”, destaca Andréia.

Renaveh

A Rede Nacional de Vigilância Epidemiológica Hospitalar (Renaveh) foi instituída pelo Ministério da Saúde, em julho de 2021, com o objetivo de fortalecer o monitoramento e o preparo para a vigilância de potenciais emergências em saúde pública no âmbito hospitalar.

No Amazonas, são 79 núcleos de Vigilância Epidemiológica Hospitalar.

*Agência Amazonas

Leia mais:

AM atua para facilitar acesso a soros contra envenenamento de animais peçonhentos

Prefeitura vai reforçar necessidade de atualização do calendário nacional de vacinação

Amazonas contabiliza 4.716 novos casos de Covid-19

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.