Fonte: OpenWeather

    Protesto


    Moradores incendeiam pneus e fecham Cosme Ferreira por falta de água

    Os moradores atearam fogo nos pneus em protesto por conta da falta de água no Zumbi

    Os moradores, para ter água em casa, precisam pagar R$ 50 para o carro pipa encher as caixas d'água | Foto: Raphael Tavares

    Manaus - Após a Manaus Ambiental anunciar mais uma paralisação no sistema de abastecimento de sete bairros, moradores do Zumbi, na Zona Leste de Manaus, fizeram uma manifestação para reclamar da falta de água constante na localidade. Eles atearam fogos em pneus, na noite desta quarta-feira (18), e fecharam o sentido bairro/centro da Alameda Cosme Ferreira.

    Os moradores conversaram com o Em Tempo e alegaram que estão sem água nas torneiras há uma semana. De acordo com o industriário e morador do bairro, Josemar Silva, a indignação dos moradores é grande com a concessionária.

    "Nós só queremos o que nos é de direito. Pagamos a nossa conta em dia, mas ela é a única que chega na casa todo mês e sem falta. Enquanto isso, não temos água nem para beber", disse o morador.

    Leia também: Obras em adutora deixam sete bairros sem água em Manaus

    Os moradores dizem que estão há uma semana sem água no bairro
    Os moradores dizem que estão há uma semana sem água no bairro | Foto: Raphael Tavares


    Josemar ainda explicou que precisa pagar todo dia R$ 50 para um caminhão pipa encher a caixa onde armazena água. "Além da conta, eu ainda tenho que pagar pelo serviço do carro pipa, pra eu poder tomar banho e ir trabalhar. Isso é uma vergonha e ninguém faz nada", completou.

    O Corpo de Bombeiros do Amazonas esteve no local e realizou o trabalho de contenção das chamas nos pneus, que chamaram a atenção de quem passava pela região. Cerca de 3 mil litros de água foram gastos para apagar o fogo. 

    Os agentes do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito de Manaus (Manaustrans) também estavam presente no local para realizar o trabalho de orientação dos motoristas. 

    A assessoria entrou em contato com a Manaus Ambiental e aguarda posicionamento sobre o ocorrido.

    Leia Mais

    Careiro da Várzea recebe evento de MMA neste sábado

    Roger elogia Palmeiras e quer escalar Moisés para a final de domingo

    Manaus e Princesa decidem o returno do Amazonense de ‘olho’ em 2019