Fonte: OpenWeather

    Incêndio Educandos


    MPF acompanha ações humanitárias em prol de vítimas de incêndio, no AM

    Órgão está trabalhando em parceria com o poder público e a sociedade civil na arrecadação de doações para os desabrigados

    De acordo com a procuradora regional dos Direitos do Cidadão, Bruna Menezes, a atuação do MPF tem sido plural nesse sentido
    De acordo com a procuradora regional dos Direitos do Cidadão, Bruna Menezes, a atuação do MPF tem sido plural nesse sentido | Foto: Divulgação

    Manaus - O Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas, por meio da Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão (PRDC), está acompanhando ações empreendidas pelo poder público e pela sociedade civil na arrecadação de doações em benefício das centenas de famílias desabrigadas pelo incêndio ocorrido no bairro Educandos, zona Sul de Manaus, na noite da última segunda-feira (17).

    De acordo com a procuradora regional dos Direitos do Cidadão, Bruna Menezes, a atuação do MPF tem sido plural nesse sentido.

    “Estamos visitando os abrigos, os centros de triagem, acompanhando o trabalho da Prefeitura de Manaus. Também estamos organizando, junto à sociedade civil, atividades como a convocação de voluntariado, separação de materiais doados e verificação de novas demandas”, destacou.

    Além do trabalho de acompanhamento, o MPF no Amazonas também tem viabilizado parcerias para ajudar os desabrigados.

    “Conseguimos o valioso apoio do Exército para fornecimento de marmitas nos dias 25 e 31 de dezembro e 1º de janeiro”, exemplificou a procuradora. Ainda segundo Bruna Menezes, o Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM) está criando um grupo de trabalho para acompanhar a situação de calamidade dos moradores do Educandos.

    Mobilização

    O MPF no Amazonas está funcionando como posto de coleta de doações. O órgão já recebeu itens para vestimenta de crianças e adultos, roupas de cama, mesa e banho, roupas íntimas, medicamentos, calçados, materiais de higiene, cestas básicas e galões de água. 

    Os interessados podem entregar doações tanto no prédio sede do órgão, na avenida André Araújo, 358, Adrianópolis, como no prédio anexo, localizado na avenida Ephigênio Salles, 1570, Aleixo, em horário comercial.

    A comunidade interna da instituição está mobilizada e as doações estão sendo entregue aos abrigos em que se encontram as famílias vítimas do incêndio.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Área incendiada no Educandos será revitalizada, garante Arthur Neto

    Família faz apelo para encontrar cachorro desaparecido em incêndio

    Mulher vítima de incêndio em Manaus continua internada em estado grave