Fonte: OpenWeather

    APOLOGIA AO CRIME


    Estudantes ameaçam fazer massacres em escola da Zona Leste de Manaus

    Alerta inicial foi feito por pais de alunos da escola. Em nota, Seduc informou que já identificou autor das ameaças e o caso está sendo acompanhando

    Estudantes já foram identificados
    Estudantes já foram identificados | Foto: Divulgação

    Manaus - Mais uma ameaça de massacre em escolas da cidade de Manaus ganhou repercussão nas redes sociais nesta quinta-feira (28). De acordo com informações passadas, um grupo estaria organizando matar 27 pessoas e depois se matar na Escola Estadual Vasco Vasques, localizada na rua Nova Esperança, S/N , no bairro Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus.

    Nas mensagens, existia um alerta para alunos não comparecerem a escola nem na sexta (29) e nem na segunda-feira (1º), pois esses seriam os dias do suposto massacre. O EM TEMPO foi procurado por familiares, pais e alunos da escola relatando a situação. Eles estariam apavorados com a possibilidade de um massacre igual ao que ocorreu em Suzano, na grande São Paulo, no dia 13 de março.

    Conversas foram espalhadas nas redes sociais
    Conversas foram espalhadas nas redes sociais | Foto: Divulgação

    Em nota, a Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc) informou que os alunos envolvidos na ameaça já foram identificados e são menores de idade. A direção da unidade de ensino tomou conhecimento na última terça-feira (26) e imediatamente suspendeu um dos alunos e transferiu o outro. De acordo com a pasta, o caso está sendo acompanhado pelos pais e responsáveis, conselho tutelar e autoridades policiais.

    Não é a primeira vez que a cidade enfrenta ameaças em escolas como essa. Ao menos cinco casos foram registrados pela reportagem do EM TEMPO. Em uma das coletivas de imprensa, o titular do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) da Polícia Civil, Sinval Barroso, disse que eles realizam monitoramento intenso na internet para identificar possíveis ameaças de ataque e punir os responsáveis a fim de evitar tragédias. 

    Leia mais

    Adolescentes são apreendidos após ameaça de bomba em escola de Manaus

    Polícia diz que monitora ameaças na internet a escolas de Manaus

    PM prende 13 pessoas e recaptura dois foragidos em Manaus