Manifestação


Iranduba e Manacapuru fazem novo protesto contra falta de energia

Moradores de Iranduba e Manacapuru estão revoltados com a falta de energia pelo quarto dia consecutivo e realizam protesto contra a concessionária Amazonas Energia

Moradores da região metropolitana de Manaus, nas cidades de Iranduba e Manacapuru protestam contra falta de energia
Moradores da região metropolitana de Manaus, nas cidades de Iranduba e Manacapuru protestam contra falta de energia | Foto: Reprodução

Manaus - Moradores dos municípios de Iranduba e Manacapuru, na região metropolitana de Manaus, realizaram na noite desta segunda-feira (22), um novo protesto contra a falta de energia elétrica nos municípios, pelo quarto dia consecutivo.

O protesto, que contou com queima de pneus e outros objetos, reuniu uma multidão em frente à Prefeitura de Iranduba e nos postos de atendimento da concessionária Amazonas Energia, enquanto outros moradores revoltados fechavam a entrada da rodovia AM-070, rodovia que dá acesso à Iranduba, Cacau Pirera e Manacapuru.

De acordo com a Amazonas Energia, oito mergulhadores iriam descer ao fundo do rio Negro para verificar o impacto do rompimento de cabos de energia subaquáticos  na tentativa de reativar o fornecimento de energia nos municípios localizados após a Ponte Phelippe Daou e que estão sofrendo com o problema.

Moradores da região metropolitana de Manaus, nas cidades de Iranduba e Manacapuru protestam contra falta de energia
Moradores da região metropolitana de Manaus, nas cidades de Iranduba e Manacapuru protestam contra falta de energia | Foto: Reprodução

Durante coletiva de imprensa, realizada na manhã desta segunda-feira (22), na sede da empresa, o diretor-presidente da Amazonas Energia, Tarcísio Rosa, não citou uma data específica para que o fornecimento de energia volte por completo nos municípios, apenas informou que o prazo é até o fim desta semana.

Moradores da região metropolitana de Manaus, nas cidades de Iranduba e Manacapuru protestam contra falta de energia
Moradores da região metropolitana de Manaus, nas cidades de Iranduba e Manacapuru protestam contra falta de energia | Foto: Reprodução

A Amazonas Energia decidiu reativar uma usina de Iranduba para oferecer um serviço reserva para a população.

Para que a população não fique sem o serviço, o diretor-presidente afirmou que a empresa decidiu fazer um contrato com a Aggreko para que seja fornecido um sistema reserva. Ele também destacou que este sistema já está fornecendo energias para hospitais de Iranduba e Manacapuru.

Leia mais:

Iranduba e Manacapuru sem energia elétrica há mais de 72 horas

Moradores fazem protesto contra falta de energia em Iranduba