Luto


Prefeito de Manaus lamenta morte de Marise Mendes

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto manifestou pesar, em nome de todos dos servidores públicos do município, pelo falecimento da ex-vereadora e ex-secretária de Estado e do município, Marise Mendes, ocorrido na manhã desta sexta-feira

Marise Mendes, irmão do ex-governador Amazonino Mendes, morreu nesta sexta-feira de complicações cardiorrespiratórias
Marise Mendes, irmão do ex-governador Amazonino Mendes, morreu nesta sexta-feira de complicações cardiorrespiratórias | Foto: Arquivo Pessoal

Manaus - O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, e a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro manifestam pesar, em nome de todos dos servidores públicos do município, pelo falecimento da ex-vereadora e ex-secretária de Estado e do município, Marise Mendes, ocorrido na manhã desta sexta-feira, 14/2, aos 85 anos, por complicações cardiorrespiratórias e renais.   

“Recebemos a notícia com muito pesar. Dona Marise era uma pessoa pública comprometida com as causas sociais, sempre falando e trabalhando em favor dos menos favorecidos, tanto como secretária de Assistência Social quanto como vereadora ou exercendo a sua profissão de assistente social. Manaus e o Amazonas perdem uma pessoa pública dedicada e uma cidadã muito querida”, disse o prefeito, que determinou que seja decretado luto oficial por três dias. 

O prefeito e a primeira-dama Elisabeth Valeiko também estenderam sua solidariedade à família de Marise Mendes, representada por sua filha, Mônica Mendes; seus netos e seus irmãos, entre eles o ex-governador Amazonino Mendes; sobrinhos e demais familiares. “É sempre doloroso a perda de um ser querido e estendo minhas orações e minha solidariedade a todos, pedindo a Deus que lhes dê conforto aos corações”, disse a esposa do prefeito.

Câmara Municipal de Manaus

Nota da Câmara Municipal de Manaus
Nota da Câmara Municipal de Manaus | Foto: Divulgação