Fonte: OpenWeather

    Covid-19


    Bebê de 1 ano e 4 meses está infectado pelo coronavírus em Parintins

    Antes do resultado positivo para Covid-19, a criança apresentava febre e, inicialmente, havia sido diagnosticada com pneumonia

    | Foto: Imagem meramente ilustrativa

    Parintins - Aumentou para três o número de casos de pessoas infectadas pelo o Covid-19 em Parintins (município distante 369 km de Manaus). Conforme nota da Prefeitura do município, o terceiro e mais recente caso é o de um bebê de 1 ano e 4 meses - morador da comunidade Vila Bente, na zona rural da ilha Tupinambarana. O paciente apresentava quadro febril e dermatológico no dia 18 de março, vindo para sede do município no dia 20 para avaliação médica.

    No último balanço divulgado pelo Governo do Amazonas, nesta terça-feira (31), o Estado tinha 175 casos confirmados da doença e o registro de três mortos. 

    Conforme a nota, antes de ir à Unidade Básica de Saúde, o bebê de Parintins passou, junto com os responsáveis, por uma agência bancária para saque de um benefício.

    Após consulta médica, "o bebê retornou para a comunidade de origem. Dois dias depois, não houve melhora do quadro e uma benzedeira foi procurada pela família em uma outra comunidade próxima".

    Ainda conforme a Prefeitura do município, no dia 25, os responsáveis pelo bebê procuraram a unidade de saúde de referência da região, onde o paciente infectado foi avaliado, detectado dificuldade respiratória e foi prontamente encaminhado para a sede do município de Parintins, onde, inicialmente, foi diagnosticado apenas com pneumonia.

    “Houve a coleta de amostra para Covid-19 pela Vigilância em Saúde do município, com resultado positivo ontem, 30 de março”, informou a Prefeitura.

    Histórico de casos no município

    A primeira morte por coronavírus no Amazonas foi a de um morador de Parintins, que teve o diagnóstico da doença em Manaus e estava em tratamento no Hospital Delphina Aziz, na Zona Norte da capital. O empresário Geraldo Savio da Silva, de 49 anos, morreu na noite do dia 24 de março. Ele havia sido internado na unidade no último dia 21.

    Conforme a prefeitura de Parintins, o município já registrou três casos da doença, uma morte e 30 casos descartados. 33 casos foram notificados e 89 pessoas estão em monitoramento pela Secretaria de Vigilância em Saúde do município.

    Terceira morte

    Além de Geraldo, o Amazonas registrou ontem (30), a segunda morte pelo Covid-19. Trata-se do músico Robson Lopes, conhecido como Binho Lopes, de 43 anos, que estava internado no Delphina Aziz desde o dia 21 deste mês. Nesta terça-feira (31), o Governo anunciou que o número de mortos subiu para 3. O último óbito foi na manhã de hoje e, conforme a diretora da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas, dra. Rosemary Pinto, o paciente tinha diabetes.

    Assista ao Web TV News - 1ª edição, que foi exibido pela Web TV Em Tempo nesta terça-feira:

    Coronavirus