Fonte: OpenWeather

    Pandemia Covid-19


    Taurus envia protetores faciais para profissionais de saúde de Manaus

    A Taurus, Empresa Estratégica de Defesa e uma das principais fabricantes de armas leves do mundo, está doando 5 mil protetores faciais para Manaus, cidade mais afetada pelo coronavírus (COVID-19).

    Protetor facial da taurus doado a Manaus
    Protetor facial da taurus doado a Manaus | Foto: Divulgação

    MANAUS (AM) - A Taurus, Empresa Estratégica de Defesa e uma das principais fabricantes de armas leves do mundo, informou ao EM TEMPO, por meio de nota, que está  doando 5 mil protetores faciais para Manaus, cidade mais afetada pelo coronavírus (COVID-19).A capital do Amazonas é a primeira em que a rede de saúde entrou em colapso no país.

    De acordo com a nota, comovida com a grave situação, a Taurus priorizou a cidade e despachou hoje (28) com urgência, por via aérea, o lote de protetores faciais.As máscaras serão entregues no Hospital Beneficência Portuguesa do Amazonas que, juntamente com o Instituto de Desenvolvimento da Amazônia (IDEA), fará a distribuição aos profissionais de saúde da cidade de Manaus que estão na linha de frente de combate ao COVID-19.

    "Manaus encontra-se em uma situação muito crítica no combate ao coronavírus.Não tem como não se comover com a situação. Isso é o mínimo que podemos fazer em um momento como esse, que exige atitudes rápidas e efetivas com o intuito de conter a escalada da doença", diz o presidente da Taurus, Salesio Nuhs.

    O Amazonas tem mais mortes por Covid-19 do que nove países da América do Sul e quase o mesmo número de casos da Argentina, que tem população dez vezes maior. No continente, apenas o Equador e o Peru têm mais mortes que o registrado pelo Estado.

    Parceria

    No início de abril, uma linha de produção foi montada nas instalações da Taurus, em São Leopoldo, especialmente para fabricar um lote inicial de 60 mil protetores faciais, onde militares do Exército Brasileiro de forma voluntária estão auxiliando no processo de montagem e embalagem. 

    O projeto somente foi possível devido à parceria da Taurus com a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), que possibilitou que a máscara pudesse ser produzida em larga escala.

    A fabricação deve ganhar escala ainda maior. A Taurus pretende ampliar a produção e doação por meio de parcerias com outras empresas e fornecedores de matérias primas, contemplando também profissionais de outros estados.