Fonte: OpenWeather

    Cabine


    Coveiros de Manaus passam por cabine de sanitização em cemitério

    Uma cabine de sanitização foi instalada, no cemitério Nossa Senhora Aparecida, localizado no bairro do Tarumã, zona Oeste, para ajudar na desinfecção dos trabalhadores

    Cabine de Satinização em cemitério de Manaus
    Cabine de Satinização em cemitério de Manaus | Foto: Divulgação

    MANAUS (AM) - Uma cabine de sanitização foi instalada nesta quarta-feira (30) no cemitério Nossa Senhora Aparecida, localizado no bairro do Tarumã, zona Oeste de Manaus. A medida, de acordo com a prefeitura, visa dar mais segurança aos trabalhadores que atuam no local, em tempos de pandemia, em que ocorrem muitos enterros de pessoas vítimas do Covid-19, causado pelo novo coronavírus.

    O secretário Municipal de Limpeza Urbana, Paulo Farias disse que a medida foi determinada pelo prefeito de Manaus, Arthur Neto. “A determinação do prefeito Arthur Virgílio Neto é para oferecermos dignidade às famílias e aos trabalhadores. Além dos EPIs, os coveiros contam com a proteção da cabine de sanitização”, destacou o secretário municipal de Limpeza Urbana, Paulo Farias. 

    Como funciona a cabine?

    Fruto de uma parceria firmada entre empresas prestadoras de serviços que atuam dentro dos cemitérios, a cabine de sanitização aplica uma mistura química que age na pele e no fardamento dos funcionários, servindo como mais uma camada de proteção aos trabalhadores. “Na cabine, é disponibilizado um produto químico que age na pele por 5 horas.

    Os funcionários, assim que chegam, passam por essa cabine e vão trabalhar sob a ação do produto. No caso das fardas, o produto químico agirá por 36 horas. Essa cabine estará em todas as bases onde há funcionários e nos cemitérios”, explicou Emerson Oliveira, representante da empresa Mamute, que presta serviços à prefeitura. 

    Combate ao coronavírus

    De acordo com Ulisses Queiroz, proprietário de outra empresa prestadora de serviços dentro do cemitério, a Catur, a cabine de sanitização tem toda uma tecnologia para ajudar no combate ao vírus. “Essa cabine foi criada exclusivamente para o combate à Covid-19. Utilizamos nela uma estrutura com automação, sensores e produto à base de quaternário de amônia, eficaz na proteção contra vírus e bactérias e com bom rendimento diário. É uma forma de ajudar na prevenção dos funcionários. Foi instalado primeiro no maior cemitério da cidade e será implantado também nos demais”, assegurou. 

    Leia mais:

    Manaus empilha corpos em valas nos cemitérios