Fonte: OpenWeather

    Interior do Amazonas


    Obras de revitalização do sistema viário de Urucará são concluídas

    Além da reconstrução da malha viária, o município também recebeu obras de drenagem profunda para melhorar o escoamento das águas pluviais

     O Governo do Amazonas investiu R$ 9.457.081,46 no serviço de pavimentação de 20,62 quilômetros de vias, alcançando 38 ruas e avenidas do município.
    O Governo do Amazonas investiu R$ 9.457.081,46 no serviço de pavimentação de 20,62 quilômetros de vias, alcançando 38 ruas e avenidas do município. | Foto: Divulgação

    Manaus - As obras de reconstrução e revitalização do sistema viário de Urucará, município localizado na calha do Médio Amazonas (distante 261 quilômetros em linha reta de Manaus), já foram concluídas em sua totalidade pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus (Seinfra).

     O Governo do Amazonas investiu R$ 9.457.081,46 no serviço de pavimentação de 20,62 quilômetros de vias, alcançando 38 ruas e avenidas do município. A obra foi retomada em 2019, como parte do pacote de infraestrutura lançado pelo governador Wilson Lima.

    Drenagem

     Além da reconstrução da malha viária, o município também recebeu obras de drenagem profunda para melhorar o escoamento das águas pluviais nas proximidades do Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti) e de áreas circunvizinhas.

     Nessa região, foram implantados cerca de 1.760 metros de rede de drenagem profunda, com tubulação de 800 mm, bem como a construção de 17 caixas coletoras ou bocas de lobo com grelha de proteção em concreto armado. 

    “Nós temos o compromisso de promover a melhoria da qualidade de vida da população interiorana, e a recuperação da malha viária das sedes dos municípios é uma das vertentes desse trabalho. Essa é uma das prioridades do governador Wilson Lima”, explicou o secretário da Seinfra, Carlos Henrique Lima.


    Com informações da assessoria


    Leia mais

    Municípios do interior recebem respiradores para combate ao covid-19

    Iranduba recusa ajuda do Governo para assistência social à população