Fonte: OpenWeather

    Fake News


    Mensagem ‘Alerta Vermelho aos Professores' é falsa, diz FVS Amazonas

    A FVS-AM esclarece que realiza o monitoramento diário de casos internados da Covid-19 junto às unidades de saúde públicas e particulares do Amazonas e que o texto é falso.

    A FVS-AM informa que não há aumento significativo nos casos confirmados de Covid-19 em crianças e adolescentes em nenhuma das unidades de saúde pública estadual citadas na mensagem falsa.
    A FVS-AM informa que não há aumento significativo nos casos confirmados de Covid-19 em crianças e adolescentes em nenhuma das unidades de saúde pública estadual citadas na mensagem falsa. | Foto:

    Manaus - A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) esclarece que é a mensagem intitulada  “Alerta Vermelho aos Professores” sobre explosão de casos confirmados da Covid-19 em crianças entre 8 e 13 anos nas unidades públicas de saúde de Manaus é falsa. O texto tem sido amplamente divulgado nesta sexta-feira (17/07) em redes sociais. 

    A FVS-AM esclarece que realiza o monitoramento diário de casos internados da Covid-19 junto às unidades de saúde públicas e particulares do Amazonas e que o texto não corresponde a realidade, sendo uma fake news. 

    O perfil epidemiológico de crianças e adolescentes relacionado à infecção pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2) está disponível, a toda sociedade, por meio do link https://bit.ly/3eLETvX, e é atualizado periodicamente. 

    Não há aumento de casos entre crianças

    A FVS-AM informa que não há aumento significativo nos casos confirmados de Covid-19 em crianças e adolescentes em nenhuma das unidades de saúde pública estadual citadas na mensagem falsa. 

    Alerta

    A FVS-AM alerta a população em geral para evitar o compartilhamento de mensagens e áudios nos quais não há identificação da fonte da informação. 

    Para a diretora-presidente da FVS-AM, Rosemary Costa Pinto, as notícias falsas, conhecidas por “fake news”, estimulam um desserviço para a sociedade.

    “É necessário ser crítico e não compartilhar mensagem se não tem certeza. Cada cidadão tem um papel importante no combate de notícias falsas”, completou Rosemary Costa. 

    Leia mais:

    www.emtempo.com.br/coronavírus