Pandemia no Amazonas


Estado terá consórcio de pesquisa sobre prevalência da Covid-19 no AM

As autoridades sanitárias detectaram relaxamento generalizado das medidas de prevenção em Manaus, como o uso de máscaras e distanciamento social

Um dos objetivos do consórcio será a avaliação dos dados epidemiológicos da FVS-AM, para que não haja dúvidas sobre os números divulgados
Um dos objetivos do consórcio será a avaliação dos dados epidemiológicos da FVS-AM, para que não haja dúvidas sobre os números divulgados | Foto: Arthur Castro/Secom

Manaus - O governador, Wilson Lima anunciou a formação de um consórcio de pesquisa entre a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), a Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) e a Fundação de Medicina Tropical Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD) para a realização de um estudo sobre a prevalência da Covid-19 em Manaus.  

Também vão integrar o consórcio, pesquisadores da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). O governador fez o anúncio, nesta sexta-feira (11), durante reunião com os poderes e representantes de classe, na sede do Governo do Estado, para atualização de dados sobre a pandemia.

Objetivos

Um dos objetivos do consórcio será a avaliação dos dados epidemiológicos da FVS-AM, para que não haja dúvidas sobre os números divulgados. Segundo Wilson Lima, a medida faz parte do compromisso de transparência do Governo do Amazonas em relação à pandemia.

“Nós já estamos na fase de repasse de recursos para os pesquisadores, para esse consórcio, para continuar avaliando a incidência dos casos do vírus aqui no Estado do Amazonas. Todos os números que divulgamos, todos os dias, estão disponíveis nas nossas plataformas, no nosso site, no site do governo”, afirmou o governador.

Reforço dos cuidados

Segundo os dados mais recentes, nem o interior, nem a capital têm registrado óbitos ou sepultamentos que fogem ao padrão em função da pandemia, tampouco houve impacto significativo do retorno das aulas nas redes pública e privada sobre a curva de casos de Covid-19.

As autoridades sanitárias detectaram, por outro lado, um relaxamento generalizado das medidas de prevenção, como uso de máscaras e distanciamento social.

“É importante dizer que no Estado Amazonas nós temos uma situação controlada, mas a Covid não foi embora. Ela continua, e se a gente não tomar os devidos cuidados podemos ter uma situação complicada. A responsabilidade é de todos. Não tem como as estruturas do Estado, Polícia Militar, Polícia Civil e fiscais estarem em todos os lugares, daí a necessidade que todo mundo tenha consciência de que é preciso fazer a sua parte”, frisou o governador Wilson Lima.

“Nós estamos alertando o Comitê de Crise sobre a necessidade de manutenção das regras de isolamento, das regras de uso de máscara e das regras para evitar aglomerações, frente à possibilidade de termos um aumento paulatino no número de casos e óbitos, levando em conta que estamos vivendo um verão que não é típico, com bastante chuva, o que favorece o vírus, e levando em conta que novembro está bem aí”, esclareceu diretora-presidente da Rosemary Pinto.

Com informações da assessoria

Leia mais

Precisa de leite para seu filho em Manaus? Veja como se cadastrar

Covid-19: UFRJ desenvolve teste sorológico 20 vezes mais barato