Indenização


Governo paga indenização a famílias da Sharp cadastradas pelo Prosamim

As 52 famílias cadastradas pelo Prosamim aguardavam o benefício desde 2014. O Governo do Estado realizou, na manhã desta segunda-feira (09), o pagamento de indenizações a 10 famílias cadastradas pelo Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus

A ex-moradora da comunidade da Sharp, Maria Dulcineia da Silva, afirma que morou na área, por 23 anos, e que se sente extremamente feliz por estar recebendo sua indenização e poder comprar uma casa.
A ex-moradora da comunidade da Sharp, Maria Dulcineia da Silva, afirma que morou na área, por 23 anos, e que se sente extremamente feliz por estar recebendo sua indenização e poder comprar uma casa. | Foto: Divulgação

Manaus - O Governo do Estado realizou, na manhã desta segunda-feira (09), o pagamento de indenizações a 10 famílias cadastradas pelo Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim) oriundas da comunidade da Sharp.

As famílias foram retiradas da área, em 2014, pela Defesa Civil devido ao risco de desabamento e aguardavam atendimento desde então. No ano passado, o Governo do Estado firmou compromisso junto à Defensoria Pública (DPE-AM) no intuito de realizar o atendimento definitivo de moradia dessas famílias, que hoje receberam as indenizações.

“Esses pagamentos representam o término de um processo importante para o Prosamim e para o Governo do Estado, pois as indenizações pagas pelo Estado a essas famílias cadastradas pelo programa na área, em 2014, simbolizam o fim do aluguel e uma nova fase de vida para essas pessoas”, afirmou a subcoordenadora Social do Prosamim, Viviane Dutra.

A ex-moradora da comunidade da Sharp, Maria Dulcineia da Silva, afirma que morou na área, por 23 anos, e que se sente extremamente feliz por estar recebendo sua indenização e poder comprar uma casa. “Eu queria agradecer a todos os funcionários do Governo do Estado que ajudaram a gente a receber nossos benefícios, pois já aguardávamos há muito tempo”, disse.

“Tudo no tempo de Deus, pois quem aguarda em Cristo alcança e hoje, felizmente eu e minha família podemos vislumbrar uma moradia digna”, frisou Júlio Cristo da Silva, morador da comunidade da Sharp por 23 anos.

O Governo do Estado disponibilizou R$ 455 mil em recursos próprios pagos, por meio da Superintendência Estadual de Habitação (Suhab), a 13 famílias, sendo que 10 já receberam seus cheques no valor de R$ 35 mil. No total, 52 famílias foram retiradas da área e 39 já tinham sido atendidas, restando apenas 13 famílias.

“O pagamento dessas indenizações é um compromisso do governador Wilson Lima que conhece a situação dos moradores da área e busca uma forma de resolver a situação vivida pelas famílias da comunidade da Sharp. Esses pagamentos são apenas o primeiro passo para que o Governo do Estado possa resolver a situação das famílias que moram no local”, afirmou o coordenador executivo da Unidade Gestora de Projetos Especiais/Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (UGPE/Prosamim), Marcellus Campêlo.