Fonte: OpenWeather

    Vacinação no Amazonas


    Governo do AM estabelece orientações para as fases da vacinação

    Veja notas estabelecidas para as fases da vacinação no Amazonas

     

    Governo do AM formulou notas com orientações sobre a vacinação no Estado
    Governo do AM formulou notas com orientações sobre a vacinação no Estado | Foto: Divulgação

    anaus (AM) - O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM) e a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), com o objetivo de fornecer orientações e recomendações sobre as fases da campanha de vacinação, publicou notas informativas, conforme diretrizes da Organização Mundial de Saúde (OMS) e Ministério da Saúde, que definem grupos prioritários, além de atribuições e competências dos municípios. 

    Nota conjunta

    Em nota conjunta (nº 1), publicada no dia 23 de janeiro, referente à Fase 1 da Campanha de Vacinação, com base nas 256 mil doses da vacina CoronaVac da Sinovac/Butantan, os órgãos estabeleceram os grupos prioritários em: trabalhadores de saúde da área pública e privada, envolvidos diretamente na atenção/referência para os casos suspeitos e confirmados de Covid-19; pessoas de 60 anos ou mais que vivem em Instituições de Longa Permanência e residências inclusivas; indígenas maiores de 18 anos que vivem em terras indígenas (aldeados); e pessoas com deficiência maiores de 18 anos que vivem em Instituições de Longa Permanência e residências inclusivas.

     

    | Foto:

    Fase 1 da Campanha de Vacinação

    Na Fase 1 da Campanha de Vacinação, o Ministério da Saúde repassou as doses para o alcance de 34% da população estimada de trabalhadores da saúde, que atuam diretamente no atendimento à Covid-19. Para início da Fase 2, o Ministério da Saúde repassou o adicional de 35% das doses para o grupo de trabalhadores da saúde; 100% para idosos acima de 75 anos e 37% dos idosos entre 70 a 74 anos.

    Grupos Prioritários

    A nota informativa nº 2, publicada no dia 25 de janeiro, pela FVS-AM, referente à complementação da Fase 1 e início da Fase 2 da Campanha de Vacinação, com base nas 132.500 doses da vacina Astrazeneca, estabeleceu que os grupos prioritários são: trabalhadores de saúde (30.280); pessoas acima de 80 anos (38.693); pessoas entre 75 a 79 anos (36.050); e pessoas entre 70 a 74 anos (20.308).

    Pessoas de 70 a 74 anos

    A nota ressaltou que pessoas entre 70 a 74 anos foram consideradas pacientes de maior risco de agravamento e óbito. A FVS recomendou, então, que diante da limitação de vacinas, informada pelo Ministério da Saúde, era necessário definir critérios de priorização para vacinação dos trabalhadores da saúde e dessa faixa etária.

    Com mais 44.600 doses da vacina CoronaVac recebidas pelo Estado do Amazonas, a FVS-AM publicou a nota informativa nº 3, no dia 26 de janeiro, para complementação de vacinação contra a Covid-19 de pessoas entre 70 e 74 anos e trabalhadores da saúde.

    Com o envio dessa nova remessa de vacinas ficou estabelecido que mais 15.167 pessoas de 70 e 74 anos devem ser contempladas, totalizando 35.475 pessoas, 64,63% do grupo; e mais 6.013 trabalhadores da saúde, chegando a 70.334 contemplados, representando 72,82% do total de 96.575 dos profissionais que atuam no Estado.

    Atribuições dos municípios

    Ainda segundo as notas informativas publicadas pelo Governo do Amazonas, os municípios ficam responsáveis por coordenar e executar as ações de vacinação integrantes de acordo com as diretrizes do Plano Nacional de Imunização (PNI); gerenciar o estoque municipal de vacinas e outros insumos;  manter a qualidade e segurança das vacinas em condições adequadas; garantir o descarte e a destinação final de frascos, seringas e agulhas utilizados, conforme as normas técnicas vigentes; realizar a gestão do sistema de informação do PNI; notificar e investigar Eventos Adversos Pós-Vacinação (EAPV); e elaborar o plano operacional para a vacinação contra a Covid-19.

    Leia mais:

    www.emtempo.com.br/ultimas