Fonte: OpenWeather

    Manaus


    Supermercados são autuados por descumprimento a medidas contra Covid

    CIF autua supermercados em Manaus por descumprimento de medidas preventivas contra a Covid-19

     

    Após denúncias de aglomeração e descumprimento de medidas preventivas contra Covid-19 em Manaus, cinco supermercados nos bairros são autuados
    Após denúncias de aglomeração e descumprimento de medidas preventivas contra Covid-19 em Manaus, cinco supermercados nos bairros são autuados | Foto: Divulgação

    Manaus (AM) - Após denúncias de aglomeração e descumprimento de medidas preventivas contra Covid-19 em Manaus, cinco supermercados nos bairros São José, Jorge Teixeira, Novo Aleixo e Tancredo Neves, na zona leste da capital, foram vistoriados por agentes da Central Integrada de Fiscalização (CIF), na tarde desta quarta-feira (31/03).

    As regras previstas no decreto governamental prevê medidas de prevenção à proliferação da Covid-19.

    Supermercados autuados ou notificados

    Em uma das ocorrências, na Avenida Autaz Mirim, bairro São José, o supermercado Vitória foi autuado pela Vigilância Sanitária Municipal (Visa Manaus) por aglomeração e uso indevido de máscara, descumprindo o decreto governamental.  

    Leia também: Novo decreto traz mudanças em regras de circulação no Amazonas

    "

    Como é uma época de pagamento de final de mês, nós optamos por trabalhar com os supermercados, que tem um volume aumentado de cliente, nesta época, na zona leste. Estamos com cinquenta por cento de autuação de duas grandes lojas da bola do produtor por excesso de pessoas do grupo familiar e também pelo não uso de máscara por clientes e colaboradores "

    Augusto Júnior, Fiscal Sanitário da Visa Manaus

     

    Leia tambémPolícia acaba com festa clandestina em que havia até armas em Manaus

    Distanciamento social

    O inspetor de saúde da Fundação de Vigilância Saúde (FVS), Roger Pacheco, chamou a atenção dos clientes que não respeitam o distanciamento social. “Nós trabalhamos com a orientação, pois as pessoas não conseguem entender que o uso de máscara é essencial. O álcool em gel, o distanciamento, a quantidade de cinquenta por cento continuam valendo”, ressaltou Roger. 

    Leia mais:

    Novo decreto libera aulas para o ensino médio na rede privada no AM

    www.emtempo.com.br/ultimas