Fonte: OpenWeather

    Vacinação


    Amazonas recebe mais 53.750 mil doses de vacinas contra a Covid-19

    Os imunizantes fazem parte da 12ª remessa enviada ao estado pelo Ministério da Saúde e devem ser aplicadas nos próximos dias

       

    Até o momento, os três municípios do estado que mais aplicaram doses das vacinas, segundo o levantamento, são Manaus (309.100), São Gabriel da Cachoeira (20.863) e Tabatinga (19.102).
    Até o momento, os três municípios do estado que mais aplicaram doses das vacinas, segundo o levantamento, são Manaus (309.100), São Gabriel da Cachoeira (20.863) e Tabatinga (19.102). | Foto: Divulgação

    Manaus (AM) - O Amazonas recebeu, na madrugada desta sexta-feira (09), 53.750 doses de imunizantes contra a Covid-19, enviadas pelo Ministério da Saúde (MS), por meio do Programa Nacional de Imunizações (PNI). Essa é a 12ª remessa de vacinas enviadas ao estado, composta de 30.750 mil doses da vacina AstraZeneca e 23.000 mil doses da vacina CoronaVac.

    Com essa remessa, chega a 1.231.970 o número de doses das vacinas entregues ao estado do Amazonas, desde janeiro deste ano.

    Doses aplicadas 


    Dados parciais do Programa Nacional de Imunização, da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (PNI/FVS-AM), apontam que 607.582 doses foram aplicadas em todo o estado até a quinta-feira (08/04), 463.411 de primeira dose e 144.171 de segunda dose.

    A informação foi divulgada no diário de vacinação da FVS-AM, que está disponível no site da fundação por meio do link https://bit.ly/3aTsndS. 

    Até o momento, os três municípios do estado que mais aplicaram doses das vacinas, segundo o levantamento, são Manaus (309.100), São Gabriel da Cachoeira (20.863) e Tabatinga (19.102).

    Leia mais: ‘Quando avisaram que o oxigênio ia acabar, o silêncio reinou na UTI’

    Pesquisa

    O estudo CovacManaus encerrou nesta quinta-feira (08/04) sua primeira etapa, 5.086 trabalhadores da educação pública e privada e da segurança pública de Manaus foram vacinados com a primeira dose da vacina CoronaVac, doada pelo Instituto Butantan para uso exclusivo da pesquisa (as doses não entram na contabilidade de vacinas entregues ao estado pelo MS). 

    O objetivo principal do estudo é identificar se a aplicação da vacina em pessoas com comorbidades terá impacto na prevenção das formas graves da doença, em Manaus, onde predomina a variante P.1 do vírus.

    E na próxima segunda-feira (12/04), o estudo dará início a aplicação da 2ª dose da vacina.

    Os participantes serão notificados sobre a data de comparecimento por mensagem de WhatsApp e e-mail e, também, podem acessar o cronograma no site do IPCCB por meio do link https://bit.ly/2PFsG5v.

    *Em Tempo com informações da assessoria

    Leia mais:

    Brasileiros se tornam o segundo turista mais rejeitado do mundo

    Estudo do Butantan envia vacina CovacManaus para ser aplicada em teste