Fonte: OpenWeather

    Repescagem


    Pessoas de 55 a 59 anos com comorbidades poderão se vacinar no sábado

    Pontos funcionarão das 9h às 16h, em sistema de drive-thru e ponto fixo

     

    Serviço é voltado a pessoas que não puderam se vacinar durante a semana
    Serviço é voltado a pessoas que não puderam se vacinar durante a semana | Foto: João Vianna/Semcom

    Pessoas na faixa etária de 55 a 59 anos de idade, integrantes do grupo prioritário das comorbidades elencadas pelo Ministério da Saúde (MS) que por algum motivo não puderam se vacinar contra a Covid-19 ao longo da semana, poderão se imunizar neste sábado (17) em sete pontos de vacinação na capital.

    Os pontos, disponibilizados pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), funcionarão das 9h às 16h, em sistema de drive-thru e ponto fixo, para agilizar a aplicação das doses do imunizante. 

    A vacinação desses usuários começou na segunda-feira (12), seguindo a ordem decrescente de idade, com os usuários de 59 anos iniciando as atividades de imunização, e os de 55 anos fechando a programação na sexta-feira (16).

    A titular da Semsa, Shádia Fraxe, explica que o atendimento ao longo da semana seguiu o agendamento realizado na plataforma “Imuniza Manaus” (https://imuniza.manaus.am.gov.br/), respeitando a relação do dia e a idade do grupo prioritário, conforme o planejamento, mas alguns usuários tiveram contratempos e não puderam receber a dose da vacina. 

      “Essas pessoas ainda podem se proteger com a vacina indo a um dos sete postos da Semsa. É um esforço coordenado e coletivo para que possamos nos fortalecer frente a essa crise sanitária mundial”, acentua

    Grupo de risco

    Coordenada pela Semsa, a campanha em Manaus segue o Plano Nacional de Operacionalização da Imunização contra a Covid-19, do MS, que prioriza os usuários com hipertensão arterial (estágio 1 e 2 com lesões de órgão-alvo ou doenças associadas), anemia falciforme, doença cerebrovascular, estágio 3; e Resistente-HAR (pneumopatias graves crônicas, cirrose hepática, doença renal crônica e síndrome de Down). 

    Nesse grupo estão também pacientes transplantados, pessoas que vivem com HIV, usuários que usam imunossupressores ou com imunodeficiências primárias, doenças reumáticas sistêmicas em atividade e pacientes oncológicos com tratamento realizado nos últimos seis meses.

    Usuários na faixa etária de 18 a 59 anos, que apresentam diabetes mellitus, cardiopatias e obesidade grave (IMC ≥ 40), também podem procurar os postos neste sábado, para se vacinar.

    Comprovação

    Para receber o imunizante a pessoa que se enquadra nas condições definidas para a faixa etária e doenças preexistentes deve apresentar laudo (original e cópia) que comprove a doença, além de documento de identificação com foto e CPF.

    Os diabéticos que não tiverem o laudo devem apresentar receita médica (original e cópia) do Sistema Único de Saúde (SUS) ou da rede particular.

    Os que têm obesidade mórbida podem levar declaração (original e cópia) de comprovação de IMC (índice de massa corpórea) igual ou maior que 40, que tenha sido emitida por profissional médico ou por qualquer outro profissional da saúde, de nível superior, como enfermeiro, nutricionista, farmacêutico e educador físico.


    Postos de Vacinação abertos neste sábado, das 9h às 16h

     Zona Norte

    Centro Estadual de Convivência da Família Padre Pedro Vignola

    Rua Gandu, 119 - Cidade Nova

    Terminal de Integração 6 - (T6)

    Avenida Comendador José Cruz - Lago Azul

    Zona Sul e Centro-Sul

    Centro Cultural dos Povos da Amazônia

    Avenida Silves, 2.222 - Crespo

    Universidade Paulista (Unip)

    Avenida Mário Ypiranga Monteiro, 3.490 - Parque 10 de Novembro


    Zona Leste

    Clube do Trabalhador do Sesi

    Avenida Cosme Ferreira, 7.399 – São José I

    Zona Oeste

    Balneário do Sesc

    Avenida Constantinopla, 288 – Alvorada

    Centro de Convenções de Manaus (sambódromo)

    Rua Ipanema, 550 – Alvorada

    Leia Mais: 

    Rede de saúde registra aumento nos atendimentos de causas não Covid

    Homem aposta R$ 20 para pular e desaparece em igarapé de Manaus

    Mais de 70 mil pessoas ainda não tomaram a 2ª dose no AM