Fonte: OpenWeather

    Bairro Compensa


    Área afetada por erosão na Avenida Brasil em Manaus recebe obras

    A Prefeitura avalia a situação de uma cratera de mais de 20 metros quadrados na avenida causada por uma construção irregular

     

    área afetada por erosão na avenida Brasil
    área afetada por erosão na avenida Brasil | Foto: Osmar Neto / Seminf

    Manaus (AM) - A Prefeitura de Manaus iniciou nesta sexta-feira, 23/7, a avaliação de uma cratera de mais de 20 metros quadrados na avenida Brasil,  bairro Compensa, Zona Centro-Oeste de Manaus, causada por uma construção irregular sobre uma rede de drenagem.

    O vice-prefeito e secretário municipal de Infraestrutura, Marcos Rotta, esteve no local acompanhado de sua equipe técnica e membros do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), além da Defesa Civil.

    Segundo Rotta, o problema na via é antigo e prejudica uma faixa da pista no sentido bairro/Centro, pondo em risco moradores e veículos. Nesta sexta-feira, homens da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf)  iniciaram as ações no local. "É uma situação clássica de uma construção irregular em cima de uma rede de drenagem que está com problema. Foi feita uma ação paliativa, mas agora a prefeitura fez uma força-tarefa entre as secretarias para resolver o problema, mesmo porque já estamos com o risco iminente aqui da Avenida Brasil”, explicou Marcos Rotta.

     O vice-prefeito fez questão de reforçar o prejuízo causado por obras feitas às margens de igarapés ou sobre as redes de drenagem, duas das maiores causadoras de ocorrências na cidade de Manaus. Neste caso, a casa construída no local deve ser demolida totalmente para facilitar as ações das equipes da prefeitura.  “Com o achatamento do tubo armco, ficamos impossibilitados de agir por conta da construção irregular. Por baixo passa uma galeria e aqui tem um tubo que fazia ligação e despejava as águas no igarapé, então por conta dessa construção a ação e os trabalhos ficaram comprometidos. Já vamos fazer nesse momento a escavação do local, a limpeza desse material que restou da demolição antiga para estudar as alternativas", afirmou Rotta.

    Intervenção da Defesa Civil

    Além da pista, ainda há casas próximas sendo afetadas, principalmente por alagamentos causados pelo entupimento da tubulação, o que justificou a intervenção da Defesa Civil, que também já esteve no local e irá acompanhar todo o andamento da intervenção.

    Leia mais:

    Passeio do Mindu é entregue revitalizado após parceria entre prefeitur

    Programa ‘Asfalta Manaus’ avança com a revitalização das ruas

    Avenida no Distrito será interditada para obras de infraestrutura