Fonte: OpenWeather

    EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO


    IMMU realiza ação de educação de trânsito no bairro Compensa

    Os gestores acreditam que, através da educação, pode-se mudar o cenário de violência no trânsito nas ruas da cidade.

     

    A atividade faz parte do projeto “Atravesse na Faixa”, voltado a condutores sobre a importância de respeitar o pedestre na travessia de vias.
    A atividade faz parte do projeto “Atravesse na Faixa”, voltado a condutores sobre a importância de respeitar o pedestre na travessia de vias. | Foto: Divulgação / IMMU

    Manaus (AM) -‘O respeito aos vulneráveis no trânsito’ foi o tema da ação de educação para o trânsito realizada pela Prefeitura de Manaus e coordenada pelo Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), na manhã desta quarta-feira, 4/8, no bairro Compensa, zona Oeste.

    A atividade faz parte do projeto “Atravesse na Faixa”, voltado a condutores sobre a importância de respeitar o pedestre na travessia de vias.

    Os educadores utilizaram faixas para orientar as pessoas a atravessarem somente quando o semáforo estiver verde para os pedestres e, não circular entre os veículos.

    Aos pedestres idosos, o IMMU alertou que não devem andar sozinhos nas vias. Já os condutores, foram orientados a respeitar o pedestre na faixa e trafegar em baixa velocidade nas ruas com grande movimento de transeuntes.

    De acordo com o diretor da Divisão de Educação no trânsito, Pedro Miranda, o trabalho desenvolvido pelos educadores do IMMU é uma orientação do diretor-presidente, Paulo Henrique Martins, conforme determinação do prefeito David Almeida.

    Os gestores acreditam que, através da educação, pode-se mudar o cenário de violência no trânsito nas ruas da cidade.

    Estamos seguindo as orientações do prefeito David Almeida, que tem se mostrado atento às demandas no trânsito da nossa cidade. Estamos trabalhando não só para orientar, mas também para conscientizar os motoristas e pedestres, que nas vias podemos ter paz e respeito e, assim, evitar acidentes e mortes”, disse Pedro.

    Ainda segundo o diretor da Divisão de Educação para o Trânsito do IMMU, os educadores vão intensificar o trabalho de orientação com abordagens aos pedestres e condutores, para enfatizar que a harmonia no trânsito deve ser compartilhada para reduzir acidentes, principalmente nos horários de pico, onde as vias são bastante movimentadas.

    As ruas são de todos e todos têm os mesmos direitos de ir e vir. Precisamos enfatizar que o compartilhamento do cumprimento das leis de trânsito e o respeito entre todos são a base da boa convivência no trânsito”, frisou.

    *Com informações da assessoria 

    Leia mais:

    Pequenos 'invisíveis': crianças se arriscam no trânsito por trocados

    Sem fiscalização, motoqueiros circulam sem capacete em Iranduba

    Curso de capacitação para mototaxistas é oferecido em Manaus