Fonte: OpenWeather

    Dia das Crianças


    Parque Nascentes do Mindu recebe crianças em ação ambiental

    Programação ambiental foi destaque no Dia das Crianças em Manaus

     

    “O projeto 'Nascentes: o coração do igarapé do Mindu” tem o objetivo de despertar na comunidade do entorno, os cuidados com o meio ambiente local.
    “O projeto 'Nascentes: o coração do igarapé do Mindu” tem o objetivo de despertar na comunidade do entorno, os cuidados com o meio ambiente local. | Foto: Divulgação

    MANAUS (AM) - A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), em Manaus, encerrou as atividades em comemoração ao Dia das Crianças, com a realização da 3ª edição do projeto “Nascentes: o coração do igarapé do Mindu”,  nesta terça-feira, 12, no parque Nascentes do Mindu, bairro Cidade de Deus, zona Leste da cidade.

    Esse foi o primeiro evento com público no parque, após a reabertura gradual das atividades por conta da Covid-19, segundo informou a chefe do Departamento de Mudanças Climáticas e Áreas Protegidas da Semmas, Socorro Monteiro. 

    “Esse parque é maravilhoso e, juntamente com a comunidade do entorno, a Semmas deu um passo muito importante, na data de hoje, para a reabertura e também para os trabalhos de revitalização do local”, informou Socorro. O espaço estava com as atividades suspensas desde março de 2020 devido a pandemia da Covid-19. 

    O técnico de enfermagem Alex Azevedo, 43, elogiou a programação alternativa que ele deu para as crianças da zona Leste da cidade. “Desde domingo estava procurando uma programação especial para levar os meus dois filhos. Pesquisei no Google e encontrei esta em que estou. Estou feliz, meus filhos também e ainda ganharam brinquedo”, disse Azevedo, que mora no bairro Armando Mendes. 

    Leia também: Voluntários se unem para ação de limpeza no Parque do Mindu

    O que é o projeto?

    “O projeto 'Nascentes: o coração do igarapé do Mindu” tem o objetivo de despertar na comunidade do entorno o sentimento de proteger e apoiar as atividades do parque, a partir de ações concretas e participativas, para a promoção da qualidade socioambiental do espaço urbano, bem como agregar conhecimento técnico científico à comunidade acadêmica”, disse a bióloga Maria de Fátima Pereira do Nascimento, gestora da unidade. 

    O evento no parque Nascentes do Mindu foi realizado em parceria com a Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Secretaria de Estado de Educação (Seduc), Batalhão Ambiental e Área Missionária Cidade de Deus. 

    Leia mais:

    Mindu: morte e vida do maior igarapé de Manaus