Fonte: OpenWeather

    Maués


    Maués: terra do guaraná e da longevidade completa 185 anos de história

    Conheça a cidade onde as pessoas vivem acima de 90 anos e se encante com as belezas naturais do município que se destaca na produção de guaraná no Estado do Amazonas

    Um dos responsáveis pela longevidade é o guaraná, uma fruta típica da região
    Um dos responsáveis pela longevidade é o guaraná, uma fruta típica da região | Foto: Reprodução-facebook Prefeitura de Maués

    Maués, município do interior do Amazonas, faz aniversário nesta segunda-feira (25), são 185 anos de história de uma "vida longa e bem vivida", literalmente. Afinal de contas, Maués é a cidade do Brasil que se destaca por concentrar um número expressivo de idosos com idade acima de 90 anos.

    Um dos responsáveis pela longevidade é o guaraná, uma fruta típica da região. Nesta matéria especial, descubra o segredo da vida longa e saudável dos maueenses e se encante com as belezas naturais da "Terra do Guaraná". Confira ainda o nosso bate-papo com moradores que contam como é viver no município aniversariante.

    Cidade de Maués. Reprodução/ Facebook-Prefeitura de Maués
    Cidade de Maués. Reprodução/ Facebook-Prefeitura de Maués | Foto: Reprodução/ Facebook-Prefeitura de Maués

    As belezas naturais de Maués

    Em uma área de terra firme banhada pelo rio Maués-Açu encontra-se Maués, o município está localizado a 267 Km de Manaus, capital do Amazonas.

    De barco recreio, a viagem dura cerca de 16 a 18 horas. Maués é contemplado com inúmeras áreas de belezas naturais, como corredeiras, cachoeiras, grutas e praias.

    São cerca de 2.400 metros de área de balneário em Maués
    São cerca de 2.400 metros de área de balneário em Maués | Foto: Reprodução/ Facebook Prefeitura de Maués

    A cidade tem um pôr do sol considerado um espetáculo de encher os olhos. No fim da tarde, o céu ganha tom de cores laranja com rosa e quem contempla esta cena tem a impressão de que o astro está mais próximo da terra.

    O momento é de preferência, apreciado nas praias de Maués.  São cerca de 2.400 metros de área de balneário, entre as praias mais famosas estão: Ilha de Vera Cruz e Ponta de Maresia.

    Belezas naturais de Maués. Arquivo Pessoal/Maria Dantas
    Belezas naturais de Maués. Arquivo Pessoal/Maria Dantas | Foto: Arquivo Pessoal

    Cercada por árvores frondosas e banhada por um rio de cor castanho claro, a praia de Vera Cruz é um dos lugares prediletos dos maueenses. É uma ótima “pedida” para relaxar, pois a praia recebe uma ventania constante e agradável.

    Já a praia de Ponta de Maresia não impressiona apenas pela beleza, também ganhou destaque por ser onde anualmente se realiza a tradicional Festa do Guaraná.  

    Praia de Maués. Arquivo Pessoal
    Praia de Maués. Arquivo Pessoal | Foto: Arquivo Pessoal

    O evento ocorre no mês de novembro, atraindo milhares de turistas para o município, são três dias de festas com atrações musicais, representações de rituais indígenas e também o concurso para a escolha da moça mais bonita da cidade: a Rainha do Guaraná.

     Quem vence o concurso é considerada a Miss Maués.Reprodução/ Facebook Prefeitura de Maués
    Quem vence o concurso é considerada a Miss Maués.Reprodução/ Facebook Prefeitura de Maués | Foto: Reprodução/ Facebook Prefeitura de Maués

    O segredo da Longevidade em Maués: guaraná, o elixir da vida

    Pesquisas apontam que a dieta rica à base de peixes e de frutas, sobretudo de guaraná, faz com que os maueenses vivam mais. A cidade é reconhecida nacionalmente por possuir uma das maiores expectativas de vida do país.

    Em 2010, Maués chamou a atenção do IBGE. Dados apontavam que esse município tinha 1% da população com idosos acima de 90 anos. Durante dois anos, o Instituto enviou uma equipe de auditores para investigar a situação e constataram que os vovôs maueenses de fato estavam esbanjando energia.

    A notícia despertou a curiosidade de pesquisadores, foi então que o geriatra Euler Ribeiro, decidiu se debruçar sobre o assunto e há exatamente dez anos, desenvolve estudos com as comunidades do interior do Amazonas. A pesquisa investiga a dieta e os hábitos do povo da floresta.

    Considerado o elixir da juventude, isto é, uma poção mágica, o guaraná traz inúmeros benefícios
    Considerado o elixir da juventude, isto é, uma poção mágica, o guaraná traz inúmeros benefícios | Foto: Reprodução/ Facebook Prefeitura de Maués

    Nas suas andanças por Maués, o médico observou que a alimentação rica em peixes e frutas, especialmente o guaraná, passa a ser o diferencial para a qualidade de vida deste público que já chegou na melhor idade.  

    Considerado o "elixir da juventude", isto é, uma poção mágica, o guaraná traz inúmeros benefícios.

    “Nós fomos analisar a fruta e observamos que o guaraná é um energético, ajuda na memória. Se a pessoa tomar 90 miligramas por dia, o que equivale a uma colherzinha, pode evitar o câncer. O guaraná previne o diabete, aumenta a energia, não permitindo que as células dos músculos fiquem fracas”, atestou Euler, em entrevista ao Em Tempo

    Dieta rica em peixes faz parte do dia a dia dos idosos. Divulgação
    Dieta rica em peixes faz parte do dia a dia dos idosos. Divulgação | Foto: Reprodução/ Facebook Prefeitura de Maués

    Fora a dieta, as atividades típicas do caboclo para sua subsistência, como; remar, pescar e caçar proporcionam a eles maior vigor físico.

    “Eles fazem muitos exercícios, caminhando para roça e remando na canoa, testes comprovaram que os idosos de 70 anos tinham força e equilíbrio de uma pessoa de 35 anos. Um costume dos povos do interior é dormir cedo e acordar cedo, os idosos de Maués dormem de 10 a 12 horas, isso também é importante, porque o sono revigorante é outro fator para melhor qualidade de vida”, afirmou o geriatra.

    Considerado o elixir da juventude, isto é, uma porção mágica, o guaraná traz inúmeros benefícios à saúde. Foto: Divulgação
    Considerado o elixir da juventude, isto é, uma porção mágica, o guaraná traz inúmeros benefícios à saúde. Foto: Divulgação | Foto: Divulgação

    O médico relatou que existem em Maués idosos que estão vivendo ainda hoje com lucidez e, devido a esse comportamento, aliado ao consumo de guaraná. Não é raro encontrar idosos de 90 anos que têm filhos com idades de 6 a 10 de idade, porque uma das dádivas do guaraná é o poder afrodisíaco da fruta.

    A genética dos maueenses também contribui para que eles permaneçam saudáveis, explica o doutor “A Miscigenação do povo amazonense tanto de indígenas como europeus, ajuda no processo de longevidade”.

    Bate-papo com os vovôs e vovós de Maués

    O consumo de frutas realmente faz parte do dia a dia dos “vovôs e vovós” de Maués. No lugar do café, alguns tomam de manhã cedo, o guaraná.

    Na dieta da Dona Elvira dos Santos, 76, a fruta não pode faltar “Eu sempre tomo guaraná, sinto que me faz bem, ele dá força e eu fico com mais vontade de fazer as coisas”.

    Já Dona Celina Leite, 78, é uma das exceções, ela não gosta de guaraná, mas segue à risca a dieta rica em frutas e peixes.

    “Eu fico tremendo quando eu tomo [guaraná], me ataca muito o sistema nervoso, a mesma coisa acontece se eu tomar café. Adoro peixe, como muitas frutas, banana, maçã também", disse. Aos 78 anos, a idosa afirma que viver em Maués é uma satisfação, no entanto, a violência tem aumentado.

    “Aqui só não se sente bem quem não quer. Eu adoro minha cidade, nasci e cresci aqui, eu tenho minhas raízes, porque aqui é um local calmo sossegado, eu gosto das pessoas, apesar de hoje em dia ter muitos bandidos”.

    Idosos do CCI. Foto: Divulgação
    Idosos do CCI. Foto: Divulgação | Foto: Divulgação

    O professor aposentado, Aldo Correia de Oliveira, 75, conta que procura ocupar o tempo livre com apresentações artísticas, ele é cantor da banda do Centro do Idoso de Maués e afirmou ter força até para fazer piruetas.

    “Eu me sinto bem e gosto de participar das atividades do Centro de Idoso de Maués - CCI, gosto de encontrar meus amigos. Eu canto, rezo e ainda faço piruetas”, disse em tom de brincadeira. Na banda ‘Alegria do CCI’, o aposentado é vocalista e encontrou na arte uma maneira de preencher o tempo.

    Seu Aldo, Dona Celina e Elvira estão entre os 300 idosos que participam do Centro de Convivência do Idoso de Maués. Para eles, o tempo parece não passar, com humor e paciência vão encarando os desafios do tempo. Os vovôs e vovós deste município descobrem que o corpo pode até se desgastar, no entanto, a alma continua forte e jovem. 

    Produção de Guaraná 

    A economia de Maués é baseada principalmente na pecuária e na agricultura, com destaque na produção local de guaraná. A produção tem como principais destinos o mercado consumidor de Manaus e multinacionais de bebidas.

    Atualmente conta também com mercados do Sul, como São Paulo e Paraná que se interessam pelo modo artesanal que o guaraná de Maués é produzido. 

    O vice-presidente da Cooperativa dos Produtores Agropecuário de Maués, CooperMaués, Lucas Dambros, explica que o setor de guaraná no município está em busca de novos mercados, uma vez que, não produz em larga escala como em outros estados do Brasil.

    "Hoje o problema do guaraná é o mercado, porque os produtores sabem produzir e muito bem. Precisamos de um mercado que possa valorizar o nosso guaraná, poque  98% do que é produzido atualmente é voltado para a produção de concentrados. Estamos procurando clientes que desejam guaraná de qualidade, orgânico, sem o uso de agrotóxico. Um guaraná que seja solúvel, com alto teor de cafeína, e que este cliente esteja disposto a pagar o preço que recompensa o produtor que faz o trabalho em pequena escala"

     Atividade envolve cerca de 2,5 mil produtores. Reprodução/Facebook-Prefeitura de Maués
    Atividade envolve cerca de 2,5 mil produtores. Reprodução/Facebook-Prefeitura de Maués | Foto: Reprodução/ Facebook Prefeitura de Maués

    Atualmente Maués produz de 300 a 400 toneladas por ano de guaraná, segundo a CooperMaués, o município já conseguiu produzir mais de mil toneladas, porém devido às doenças do plantio houve uma queda significativa.

    "O guaraná nos anos 80 e 90 era muito valorizado, quando começou a aparecer a doença foi caindo. No começo do século quando as sementes foram para a Bahia, o guaraná se deu muito bem porque não havia doenças e lá se produz em larga escala. A qualidade fica em segundo plano, a quantidade é enorme  e isso é bom para a indústria de concentrados", esclareceu Dambros.

    Para resolver a situação, a Embrapa juntamente com os produtores, estão trabalhando com plantas geneticamente mais fortes e com uma resistência natural. 

    Em 2018, o guaraná ganhou um selo importante para reconhecimento em outros mercados. O Selo é uma certificação emitida pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) para produtos ou serviços característicos de determinada região que apresentam qualidade diferenciada dos demais em virtude de seus recursos naturais como solo, vegetação e clima, entre outros.

    Segundo a prefeitura do município, o selo vai assegurar que os consumidores de todo o Brasil e de outros países saibam o que estão comprando e consumindo, e ao mesmo tempo gerar mais postos de trabalho.

    O reconhecimento de órgãos oficiais também ajudará os produtores a encontrarem novos mercados.  

    Maués e seus moradores

    O município de Maués está em pleno desenvolvimento. Possui bancos, farmácias, padarias, pequenos mercados. Quem mora na cidade aprende a conviver com os avanços na infraestrutura, belezas naturais e os problemas decorrentes do crescimento das cidades brasileiras, como por exemplo, à violência.

    A professora aposentada, Maria Dantas, 63, tem suas raízes em Maués, mas teve que sair da cidade para continuar os estudos. Com 19 anos deixou a Terra Natal, porém, a saudade não permitiu tantos anos distante.

    “Retornei a Maués e nunca mais saí daqui. Amo minha Maués minha terra natal. Maués tem muitas praias, rios de águas límpidas e cristalinas. Temos o Guaraná que é o elixir da longa vida”.

    Para passar o tempo, a aposentada diz que gosta de curtir as praças da cidade, as praias e as festas tradicionais da região.  “Eu gosto das praias na época do Festival de Verão de Maués e a Festa do Guaraná. O ambiente mais acolhedor é a praça de alimentação”.

    O Festival ao qual a professora se refere, é realizado nas areias da Praia da Maresia, a programação conta com shows musicais e competições esportivas. O evento ocorre durante a Semana da Pátria para que moradores e turistas do Amazonas aproveitem o feriado prolongado.

    A cidade é reconhecida nacionalmente por possuir uma das maiores expectativas de vida do país
    A cidade é reconhecida nacionalmente por possuir uma das maiores expectativas de vida do país | Foto: Reprodução/ Facebook-Prefeitura de Maués

    Quando questionada sobre os problemas que a cidade vem enfrentando, Maria aponta que a infraestrutura precisa melhorar e que a onda de violência que atualmente assola Maués deve ser controlada.

    “Na área da saúde e educação está bem. Agora na segurança precisa melhorar, porque temos poucas viaturas e equipamentos. A cidade cresceu, a demanda é grande para o número de policiais”.

    O universitário Maik Sampaio, 25, nasceu em Manaus, mas a família se mudou para Maués quando ele ainda era criança, por isso criou uma ligação afetiva com o local. “Apesar de ter nascido em Manaus, eu me considero filho de Maués”.

    Ele acredita que a infraestrutura da cidade precisa de melhorias e acrescenta que investimentos no setor de turismo devem ser incluídos para o desenvolvimento da cidade.

    “Maués precisa melhorar mais a infraestrutura, nas vias públicas, no Porto da cidade, para otimizar a transição de passageiros e cargas principalmente em períodos de festas como o Festival de Verão e a Festa do Guaraná, também melhorar a segurança pública e incentivar projetos voltados para o esporte, cultura e música para os nossos jovens. Maués tem grande potencial turístico, mas ainda tem pouca visibilidade e investimentos nessa área”, disse o universitário.

    Foi pensando em divulgar a cultura do município, que o jovem idealizou o projeto ‘Conhecendo Maués’, a iniciativa busca promover o 'Turismo' local através das redes sociais.

    Leia também: Maués comemora aniversário com quatro dias de programação

    De Maués para o Mundo

    Que tal embarcar em uma viagem à Terra do Guaraná sem sair de casa? Essa é a proposta de quatro jovens amazonenses que se uniram para apresentar Maués ao mundo por meio da internet.

    O projeto ‘Conhecendo Maués’, realizado de maneira independente, tem a missão de registrar a cultura viva do local, realizar ações de conscientização e preservação das belezas naturais do município, além disso impulsionar o turismo local e divulgar o guaraná.

    Maik e Irene Jacaúna, integrantes do projeto Conhecendo Maués. Foto: Arquivo Pessoal/ Mike Sampaio
    Maik e Irene Jacaúna, integrantes do projeto Conhecendo Maués. Foto: Arquivo Pessoal/ Mike Sampaio | Foto: Arquivo Pessoal

    O universitário Mike Sampaio conta que a ideia surgiu porque os quatro jovens, todos com idade entre 20 e 25 anos: Maik, Irene Jacaúna de Oliveira, Ruan Sampaio e Ramon Rodrigues, são apaixonados pela cidade.

    “Somos pessoas encantadas e apaixonadas por Maués. Gostamos das belezas naturais como as praias, a ilha de Vera Cruz, do povo hospitaleiro, da cultura e claro não podemos esquecer, do Guaraná”.

    O projeto se destaca principalmente no audiovisual. Os vídeos já atingiram 14.800 views no facebook e também se destacam no You Tube | Autor: Conhecendo Maués

    Para os jovens,  a divulgação de Maués pela internet é uma forma de tirar o município do isolamento geográfico e ultrapassar fronteiras.

    “A principal importância é a visibilidade de Maués para outros lugares, permitindo assim a divulgação do Guaraná, das belezas naturais, da cultura, do artesanato e da história, trazendo ainda mais turistas para a nossa cidade e impulsionando a economia local”.

    Segundo o idealizador do projeto, a experiência tem sido positiva. “As pessoas tem ajudado bastante a divulgar Maués seja pela simples curtida, compartilhamento ou comentário. Hoje o YouTube é uma das melhores ferramentas de divulgação em massa, em que qualquer pessoa do mundo pode acessar e ver o conteúdo”, afirmou Mike.

    Para aumentar a divulgação a equipe utiliza diferentes redes sociais, recentemente colocaram no ar o site www.conhecendomaues.com.br
    e ainda no final de 2018, lançarão o aplicativo ‘Conhecendo Maués’. O aplicativo disponibilizará fotos, curiosidades, dicas de lugares para hospedagem de turistas, entre outras informações.

    Vídeo especial - 185 anos de Maués | Autor: Conhecendo Maués

    Parabéns Maués

    A equipe do Em Tempo deseja longa vida ao povo maueense e brinda esta data com muitos e muitos brindes de guaraná.

    Confira curiosidades sobre o município:


    Municipio de Maués - Infográfico Municipio de Maués - Infográfico Municipio de Maués - Infográfico Municipio de Maués - Infográfico Municipio de Maués - Infográfico Municipio de Maués - Infográfico Municipio de Maués - Infográfico Municipio de Maués - Infográfico Municipio de Maués - Infográfico Municipio de Maués - Infográfico
    Comentários