Fonte: OpenWeather

    EXPLOSÃO


    Quadro de saúde de militares feridos em explosão de balsa é estável

    O incêndio aconteceu no porto de São Gabriel da Cachoeira, interior do Amazonas

    O incêndio começou após a explosão de uma balsa do 2° Batalhão Logístico de Selva que estava ancorada no Porto Queiroz Galvão | Foto: Divulgação

    Manaus - Os dois militares do Exército Brasileiro feridos em um incêndio ocorrido na última quinta-feira (19), em São Gabriel da Cachoeira ( a 851 km de Manaus), estão com quadro de saúde estável.

    A dupla foi transferida em uma aeronave na manhã desta sexta-feira (20), para o Hospital Militar de Área de Manaus (HMAM). As informações são do Comando Militar da Amazônia.

    Os militares estão no Centro de Tratamento de Queimados  (CTQ) do Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, na Zona Centro-Sul de Manaus.

    Leia também: Balsa do Exército explode em porto de São Gabriel da Cachoeira, no AM

    O incêndio, que começou após a explosão de uma balsa do 2° Batalhão Logístico de Selva que estava ancorada no Porto Queiroz Galvão, foi controlado pelos próprios militares.

    A Polícia do Exército (PE) foi acionada, e todos os procedimentos de segurança foram adotados para conter danos causados pelo acidente.

    A explosão aconteceu na última quinta-feira (19)
    A explosão aconteceu na última quinta-feira (19) | Foto: divulgação

    Um militar chegou a ser atendido no Hospital da Guarnição de São Gabriel da Cachoeira, mas foi transferido para o HMAM. A 2ª Brigada de Infantaria de Selva, com sede em São Gabriel, instaurou procedimento administrativo para apurar danos materiais, responsabilidades e causas do acidente.

    Em nota, o Comando Militar da Amazônia afirmou que estava fazendo um levantamento de embarcações atingidas pelo fogo, e que a 2ª Brigada de Infantaria de Selva estava cadastrando proprietários das embarcações que sofreram com as chamas.

    Leia mais

    Moradores reclamam de obra parada em ramal de Novo Airão

    Paciente reclama de demora para marcar consulta no Adriano Jorge

    Nova greve dos rodoviários é decidida em reunião nesta sexta (20)