Fonte: OpenWeather

    Greve


    Greve dos professores da rede estadual do AM completa um mês

    Sindicalistas esperam que o governador Wilson Lima reabra as negociações com a categoria nesta semana

    Os professores cobram um reajuste de 15% | Foto: Marcely Gomes

    Manaus - A greve dos professores do Estado chegou aos 30 dias nesta quarta-feira (15). Mesmo com tratativas do Governo do Amazonas, Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) e entre outros órgãos, os educadores dos sindicatos dos Trabalhadores em Educação do Estado do Amazonas (Sinteam) e dos Professores e Pedagogos das Escolas Públicas do Ensino Básico de Manaus (Asprom Sindical) não chegaram a um consenso na reivindicação do reajuste salarial da categoria.

    A categoria pede 15% de reajuste salarial, no entanto o Estado ofereceu uma contraproposta de apenas 4,7%.

    O professor Josias Ribeiro afirmou que as atividades dos docentes em 46 municípios do Estado, além de Manaus, estão paralisadas. “Nesse momento cerca de mil professores estão reivindicando o reajuste. Enquanto não tivermos propostas satisfatórias, continuaremos em greve”, afirmou.

    Na terça-feira (14), os representantes do Sinteam e da Asprom-Sindical estiveram na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) para pedir novamente apoio dos parlamentares.

    “Nós temos uma nova proposta para fazer ao governo, mas a mesa precisa ser reaberta. Ele diz que está preocupado com os alunos sem aula. Se estivesse preocupado mesmo, não encerraria as negociações e atendia as nossas reivindicações”, declarou a Ana Cristina Rodrigues, presidente do Sinteam.

    Governador

    Na segunda-feira (13) o governador Wilson Lima realizou um pronunciamento onde garantiu proposta de reajuste para os professores em 4,7%. “A proposta apresentada pelo Governo, além desse percentual, era de garantir promoção horizontal e vertical. Dobrar auxílio localidade e implementar vale-refeição e vale-transporte para professores com cadeira de 40h. Esse é o máximo que o Estado do Amazonas pôde chegar”, disse Lima.

    Veja reportagem da TV Em Tempo:

    Veja reportagem | Autor: Alex Costa/TV Em Tempo

    Leia mais: 

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Tsunami da Educação: protestos acontecem em várias capitais do país

    Governador garante aumento a professores e pede o fim da greve no AM