Fonte: OpenWeather

    Saúde


    Susam desmente denúncia do Deputado Dermilson Chagas

    Deputado disse que o governo deixou os pacientes sem o serviço, secretaria disse que denúncia não procede e que serviços estão mantidos

    A secretaria informou ainda que o documento apresentado pelo deputado é de seis dias atrás | Foto: Divulgação

    Manaus - A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) desmentiu as denúncias feitas pelo Deputado Dermilson Chagas (PP) que usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) para mostrar um documento enviado pela empresa J.A Souto Loureiro S/A (Laboratórios Reunidos) onde comunica ao Poder Executivo, o encerramento das suas atividades laboratoriais para demanda dos Transplantados do SUS.

    Em seu discurso o deputado disse que o governo deixou os pacientes sem o serviço. “Vocês acreditam que o Governo deixa esses pacientes sem esse serviço importantíssimo por causa de uma bagatela de 185 mil reais? ”, questionou o parlamentar aos demais colegas no plenário.  “Para a gente pode ser um valor significativo, mas para o Estado, esse valor é uma bagatela sim. É completamente irrisório, e eu estou indignado com essa irresponsabilidade”, complementou Dermilson.

    Em nota a Susam informou que não procede a informação de paralisação dos serviços prestados pelo Laboratório Reunidos a transplantados ou a qualquer outro paciente da rede. 

    Na tribuna o deputado apresentou um documento enviado pela empresa, que destacava quatro fatos principais que fundamentaram o encerramento das atividades. Entre eles a falta de cobertura contratual, e a inadimplência de quatro meses do governo com a empresa.

    A secretaria informou ainda que o documento apresentado pelo deputado é de seis dias atrás e que reuniu com o laboratório Reunidos, que presta serviços laboratoriais (exames) à rede estadual e tomou as medidas necessárias para regularizar a prestação dos serviços, tendo a garantia da manutenção dos mesmos por parte do prestador enquanto durar o processo.

    Durante o discurso de Chagas, o deputado Dr. Gomes pediu um aparte para responder sobre a presente denúncia. “Eu entrei em contato com o secretário da Susam, Rodrigo Tobias, que me disse que essa situação foi equacionada já”, afirmou o parlamentar. Posteriormente, Dermilson disse que seu interesse era que fosse sanada e não equacionada. “Eu entendo que você falou com o secretário e não tiro seus méritos, mas o que me interessa é que resolva e não que finja que resolveu”, enfatizou Dermilson, que estipulou até o final desta semana para que tudo seja resolvido e o funcionamento do serviço, normalizado.

    A Secretaria de Saúde lamentou a atitude do deputado em divulgar informações que acabam gerando insegurança aos pacientes transplantados.

    *Com informaçoes da assessoria

    Leia Mais

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Bolsonaro 'não tem noção de prioridade para o País', diz Marcelo Ramos

    Câmara Municipal de Manaus: veja parlamentares que pouco falam