Fonte: OpenWeather

    Prevenção


    Servidores são treinados para prevenção e combate a incêndios

    No total, 80 vagas foram disponibilizadas por meio do Programa de Capacitação Continuada da Espi/Semad, no eixo Segurança

    A capacitação atendeu os servidores da Fundação de Apoio ao Idoso Doutor Thomas (FDT) | Foto: Divulgação / Semcom

    Manaus - A Prefeitura de Manaus está capacitando seus servidores para atuarem na prevenção e combate a incêndios, bem como na prestação de primeiros socorros. Nesta sexta-feira (12) a Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi), vinculada à Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad), finalizou as aulas de mais uma turma do curso de brigada de incêndio. Desta vez, a capacitação atendeu os servidores da Fundação de Apoio ao Idoso Doutor Thomas (FDT). 

    No último dia 1º  um grupo composto por servidores das secretarias da estrutura municipal também foi capacitado. No total, 80 vagas foram disponibilizadas por meio do Programa de Capacitação Continuada da Espi/Semad, no eixo Segurança. 

    O secretário da Semad, Lucas Bandiera, destaca que as ofertas de capacitação atendem às determinações do prefeito Arthur Virgílio Neto para alcançar as metas estabelecidas no planejamento estratégico Manaus 2030, no eixo de valorização de pessoas. “O trabalho que vem sendo realizado pela Escola do Servidor, visa desenvolver e aperfeiçoar as habilidades voltadas às atividades profissionais dos servidores municipais, para que eles possam ter um melhor desempenho no exercício de suas funções”, ressalta. 

    De acordo com a diretora-geral da Espi/Semad, Stela Cyrino, o curso teve como objetivo apresentar aos participantes noções básicas para a atuação de brigadistas em situações emergenciais. “A proteção contra incêndio é uma ação que exige cautela, pois precisa não só apenas o conhecimento da utilização dos instrumentos e equipamentos necessários, mas equilíbrio das pessoas envolvidas”, destaca. 

    Regras obrigatórias

    A Norma Regulamentadora (NR) 23, regra do Ministério do Trabalho que trata da proteção contra incêndios nos ambientes de trabalho, determina que repartições, sejam elas públicas ou privadas, com mais de 20 colaboradores, possuam pessoas capacitadas para atuar como brigadistas. 

    Instrutor do curso, o sargento do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas, Eduardo Araújo Neto, salienta que o trabalho dos brigadistas é fundamental nos primeiros momentos do sinistro. “A brigada é treinada para combater o princípio de incêndio, não para combater um incêndio de grandes proporções, mas para prevenção e combate a princípio”, destacou. 

    A Espi/Semad realiza suas capacitações com base no Levantamento de Necessidades de Capacitação (LNC), sistema em que os órgãos municipais solicitam as demandas de cursos, oficinas e palestras.

    *Com informações da assessoria

    Leia Mais

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Embaixador da Irlanda visita abrigos da Operação Acolhida em Manaus

    Prefeito assina “Pacto de Metas Educacionais” de Manaus