Fonte: OpenWeather

    Evento


    Encontro que discute as operações de Saneamento acontece em Manaus

    O encontro tem a participação de 30 engenheiros e técnicos

    A Cosama estava desligada da Aesbe desde 2001 | Foto: Filipe Augusto/Cosama

    Manaus- Companhia de Saneamento do Amazonas (Cosama) sedia, pela primeira vez, a partir desta terça-feira, (20), a reunião da Câmara Técnica de Desenvolvimento Operacional (CDO). O evento, que acontece ao longo de três dias, é realizado pela Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento (Aesbe) e tem como objetivo a troca de experiências para melhoria nos serviços de água à população.

    O encontro tem a participação de 30 engenheiros e técnicos, de 14 companhias estaduais de Saneamento do Brasil, e terá os trabalhos coordenados por Alexandre Gomes, da Companhia de Saneamento de Goiás (Saneago), e Glauco Cayres, da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa). O evento também contou com a presença do secretário de Infraestrutura do Amazonas (Seinfra), Carlos Henrique Lima.

    O presidente da Cosama, Armando do Valle, que recentemente foi escolhido com vice-presidente da região Norte da Aesbe, enfatiza a importância do encontro no estado. “Poder discutir o saneamento no país no Amazonas, com as maiores empresas do Brasil, permite-nos a possibilidade de revelar a nossa realidade e discutir melhorias para a nossa região com experientes profissionais da área”, afirmou.

    Representante da Aesbe na CDO, o coordenador Joaquim Souza afirma que um dos objetivos da Associação é dar suporte para as companhias de saneamento que a compõem. “Este encontro com certeza é uma excelente oportunidade para a troca de experiências”, afirmou.

    Os profissionais presentes apresentaram a estrutura do setor em suas Companhias, projetos e resultados já aplicados em outras regiões, para ajudar a Câmara a organizar as próximas reuniões, de acordo com a necessidade das empresas.

    Durante os dois primeiros dias serão apresentados os balanços, resultados e desafios de cada empresa e assim desenvolvidos projetos voltados a uma melhor gestão. No terceiro e último dia da câmara operacional, os engenheiros poderão conhecer a Estação de Tratamento de Águas (ETA) no município de Autazes, desde a logística, captação, tratamento e distribuição de água.

    A Cosama estava desligada da Aesbe desde 2001, quando foi privatizada e o serviço de saneamento passou a ser feito pelo setor privado e pelas prefeituras em boa parte do estado. Em março deste ano, a Companhia voltou a ser uma associada da entidade e, desde então, participa ativamente das atividades realizadas.

    *Com informações da assessoria