Fonte: OpenWeather

    Benefício para pacientes


    Pacientes recebem calçados ortopédicos adaptáveis e próteses

    A entrega dos utensílios aconteceu na Policlínica Antônio Aleixo e, contou com a presença do secretário da Susam, Rodrigo Tobias

    Os calçados foram entregues às pessoas vitimadas pela hanseníase e às que fazem tratamento do pé diabético
    Os calçados foram entregues às pessoas vitimadas pela hanseníase e às que fazem tratamento do pé diabético | Foto: Claudio Heitor / Secom

    Manaus -Pacientes atendidos pelo Centro de Reabilitação (CER) da Policlínica Antônio Aleixo, receberam nesta  quarta-feira (21), 90 pares de calçados ortopédicos adaptáveis, além de próteses. Os calçados foram entregues às pessoas vitimadas pela hanseníase e às que fazem tratamento do pé diabético. Ao todo, 191 pares já foram entregues na policlínica em 2019, conforme informações da Secretaria de Estado de Saúde (Susam). 

    O secretário da Susam, Rodrigo Tobias, e a secretária executiva adjunta de Atenção Especializada da Capital, da Susam, Dayana Mejia Sousa, participaram da entrega. Três usuários receberam próteses. Em 2019, o CER Antônio Aleixo realizou também a entrega de 184 órteses e próteses, além de 16 adaptações para cadeira de rodas.

    O diretor da policlínica, José César de Carvalho, explica que, ao todo, neste ano, 191 pares de calçados ortopédicos adaptáveis e 58 palmilhas, feitas sob medida, foram entregues ao longo deste ano. Os beneficiados são pacientes da unidade que realizam tratamento de feridas crônicas.

    O secretário da Susam, Rodrigo Tobias, acompanhou a entrega. Ele conversou com os pacientes e conheceu a estrutura da oficina que adapta as palmilhas e produz as próteses e órteses sob medida para os pacientes.

    A seleção dos beneficiados com a doação é feita por meio de cadastro na unidade e conforme a necessidade de cada paciente, após avaliação da enfermagem e do serviço social.

    O secretário da Susam, Rodrigo Tobias, acompanhou a entrega e conheceu a estrutura da oficina que adapta as palmilhas e produz as próteses e órteses
    O secretário da Susam, Rodrigo Tobias, acompanhou a entrega e conheceu a estrutura da oficina que adapta as palmilhas e produz as próteses e órteses | Foto: Claudio Heitor / Secom

    Os calçados possuem dois tipos de modelos (fechado e aberto) e foram adquiridos por meio de licitação. À medida que o fornecedor realiza a entrega para a unidade, os calçados são encaminhados à oficina do Centro de Reabilitação para adaptação de acordo com as medidas de cada paciente.

    Moradores assistidos

    O bairro Colônia Antônio Aleixo, na zona leste de Manaus, foi instalado nos anos 40 para abrigar portadores de hanseníase. Atualmente, o local possui quase 19 mil habitantes e aproximadamente 510 moradores se tratam de hanseníase nas unidades de saúde do bairro.

    O tratamento é realizado em três Unidades Básicas de Saúde (UBS), uma casa de Saúde da Família, o Hospital Geral Dr. Geraldo da Rocha, o Serviço de Pronto Atendimento (SPA), o Hospital e Maternidade Chapot Prevost e a Policlínica Antônio Aleixo, onde funciona o Centro de Reabilitação, o Centro de Apoio as Crianças com Microcefalia e a Oficina Ortopédica Fixa (OOF), que é referência na confecção de órteses, próteses, palmilhas, adaptação de cadeiras de rodas e outros mecanismos auxiliares de locomoção e sustentação para pessoas com alguma deficiência.

    Na Policlínica Antônio Aleixo funciona também a sala de curativos, que atende pacientes com feridas crônicas, vitimadas com hanseníase ou pelo pé diabético.

    *Com informações da assessoria