Fonte: OpenWeather

    Mantimentos


    Seduc abre Chamada Pública para aquisição de merenda escolar

    A seleção visa complementar a alimentação dos alunos da rede estadual até o final de 2019

    A Chamada Pública é voltada a agricultores e empreendedores de base familiar rural
    A Chamada Pública é voltada a agricultores e empreendedores de base familiar rural | Foto: Cleudilon Passarinho/Seduc-AM

    Manaus- A Secretaria de Estado de Educação (Seduc-AM), por meio do Núcleo de Apoio a Programas de Economia Regional (Naper), abriu nesta semana uma Chamada Pública para aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar.

    Os mantimentos atenderão ao Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), uma das quatro plataformas que integram o Naper. As inscrições para o edital seguirão até o dia (16) de setembro, no Centro de Formação Profissional Padre José de Anchieta (Cepan), na avenida Waldomiro Lustoza, Japiim 2.

    A Chamada Pública é voltada a agricultores e empreendedores de base familiar rural organizados em grupo formal, e consiste no recebimento e seleção de projetos de venda para credenciamento e contratação pela Seduc-AM , para fornecimento de gêneros alimentícios oriundos da agricultura familiar.

    Para participar da seleção, os candidatos deverão apresentar os documentos de habilitação e o projeto de venda até o dia (16) de setembro, nos horários das 8h ao meio-dia e das 13h às 17h, no próprio Naper, situado no Cepan.

    Serão considerados para a Chamada somente os grupos formais e empreendedores familiares rurais que entregarem a documentação exigida pelo edital em envelopes lacrados, endereçados à comissão da seleção.

    O edital completo da Chamada Pública, com todos os documentos e requisitos necessários para participar, pode ser conferido no site oficial da Seduc-AM, por meio do link: http://bit.ly/32eUj5X

    Para o coordenador do Naper, Carlos Dias, desde que foi criado em maio deste ano, o núcleo tem conseguido otimizar o trabalho dos seus quatro programas afiliados (Preme, Promove, Profinv e PNAE).

    “Conseguimos desenvolver muitos projetos e organizar muitas coisas (nesses programas). Além disso, nos aproximamos ainda mais das cooperativas, associações e agricultores, o que nos permite orientá-los com relação a projetos de forma mais efetiva”, destacou o coordenador do Naper.

    Carlos reforça, ainda, o comprometimento da Seduc-AM na missão de proporcionar aos alunos da rede estadual uma alimentação de qualidade: “Com a Chamada Pública, esperamos complementar a merenda escolar, da maneira mais benéfica possível, até o final de 2019, para não falte absolutamente nada a nossos estudantes”, finalizou.

    *Com informações da assessoria