Fonte: OpenWeather

    Infraestrutura


    Moradores da Comunidade Sharp sofrem com alagamentos

    A forte chuva durante a madrugada desta quarta-feira (3) trouxe inúmeros prejuízos aos moradores da Comunidade da Sharp

    A forte chuva durante a madrugada desta quarta-feira (3) trouxe inúmeros prejuízos aos moradores da Comunidade da Sharp, localizada na Zona Leste de Manaus | Foto: Izaías Godinho

    Manaus - A forte chuva durante a madrugada desta quarta-feira (3) trouxe inúmeros prejuízos aos moradores da Comunidade da Sharp, localizada na Zona Leste de Manaus. Por conta dos bueiros entupidos, o cruzamento entre as ruas Philco e Multibras ficaram totalmente alagados e, conforme os moradores, o nível das águas chegou a mais de um metro de altura. Mesmo após o transtorno, a população afetada ainda não teve respostas do poder público.

    De acordo com a dona de casa, Rosiane Mendes, que vive no beco Caloi, situado nas proximidades da rua Philco, a situação pirou há cerca de um ano. A moradora frisou que reside no local há quase 15 anos e solicita obras de saneamento na área. “A água tomou conta da minha casa. Metade da minha cozinha ficou alagada e a geladeira parou de funcionar. Muitos vizinhos perderam tudo”, afirmou a mulher.

    Moradores solicitam das autoridades uma reforma nas pontes de madeira do local
    Moradores solicitam das autoridades uma reforma nas pontes de madeira do local | Foto: Izaías Godinho

    Outra moradora, identificada como Antonia Soares, solicita das autoridades uma reforma nas pontes de madeira do local.  “As casas foram todas para o fundo e não fazem nada por nós. Não levei meus filhos para a aula hoje pois não tive como passar, com toda a região alagada”, afirmou a moradora.

    O Portal Em Tempo esteve no local e constatou que muitas casas de palafita estão sobre esgotos, o que expõe a Comunidade aos riscos de acidentes, além de doenças.

    Em resposta à reportagem, a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) afirmou que vai enviar uma esquipe à Comunidade para verificar as situações denunciadas.  

    Assista a matéria completa na Web TV Em Tempo: