Fonte: OpenWeather

    Ameaça


    Moradora do bairro Flores denuncia ameaças de ex-policial

    O fato ocorreu no dia 9 de agosto, por volta das 10h no Conjunto Beija-Flor, no bairro Flores, zona Centro-Sul de Manaus, onde a moradora e o ex-policial são vizinhos

    A economista afirmou que fez um boletim de ocorrências no 12º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e aguarda o retorno das autoridades | Foto: Reprodução

    Manaus –  Uma economista, de 31 anos, denunciou ao Portal Em Tempo que um ex-policial, invadiu a residência dela e ameaçou com, uma arma, o irmão dela e dois servidores de uma empresa, responsável em instalar alarmes. O fato ocorreu no dia 9 de agosto, por volta das 10h no Conjunto Beija-Flor, no bairro Flores, zona Centro-Sul de Manaus, onde a moradora e o ex-policial são vizinhos.

    De acordo com a proprietária da residência, o ex-policial é aposentado da Polícia Civil e tem por volta de 75 anos. Conforme a moradora, por ele não fazer mais parte do órgão de segurança, ele não teria mais  direito ao porte de armas de fogos. A moradora frisou, ainda, que outros vizinhos já tiveram desentendimentos com o ex-policial.

    “Estávamos colocando sensores no muro e ele se incomodou com isso. Ele entrou na minha casa, questionando quem havia mandado realizar as obras, e em seguida, “rendeu” os dois homens que instalavam os sensores e ao meu irmão. Ninguém pode fazer uma reforma. Ele nem poderia ter armas”, afirmou a mulher.

    A economista afirmou que fez um boletim de ocorrências no 12º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e aguarda o retorno das autoridades.  A Polícia Civil disse em nota que segundo informações da unidade policial, um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por ameaça, foi assinado pelo ex-policial, no dia 18 de setembro deste ano.