Fonte: OpenWeather

    Saúde


    Dia Internacional da Saúde Mental é tema de discussão em Manaus

    O evento é aberto ao público em geral e aos profissionais que atuam na área de saúde mental que buscam qualificação

    A mesa-redonda discute nesta quinta-feira (10) tratamentos e avanços na saúde pública | Foto: Divulgação/Susam

    Visando dialogar sobre a Saúde Mental e seus diversos aspectos, a Secretaria de Estado de Saúde (Susam), por meio da Rede de Atenção Psicossocial, realiza nesta quinta-feira (10) evento alusivo ao Dia Internacional da Saúde Mental, com uma mesa-redonda entre profissionais da área. O evento acontece a partir das 13h30, no auditório Selma Soares, do Instituto da Saúde da Criança do Amazonas (Icam), localizado na avenida Codajás, no bairro Cachoeirinha, zona sul de Manaus.

    O evento é aberto ao público em geral e aos profissionais que atuam na área de saúde mental que buscam qualificação. Para a coordenadora estadual da Rede de Atenção Psicossocial, Luciana Diederich, o evento visa contextualizar a saúde mental no Estado e empoderar os profissionais.

    “Queremos que os profissionais estejam munidos de conhecimento teórico, para construir práticas voltadas à garantia dos direitos e acesso aos serviços, sempre dialogando com os demais serviços de saúde”.

    Participam da mesa-redonda a psicóloga Mariana Pelizer e o médico sanitarista Antônio de Pádua. A assistente social da Policlínica Zeno Lanzini, Viviane Gaia, será a mediadora do encontro e também abordará temas relevantes para a saúde pública com ênfase na saúde mental.

    Temas em discussão

    O evento irá discutir sobre a clínica em saúde mental e sobre a medicalização da vida, na tentativa de superar as práticas manicomiais que impactam na linha de cuidado. A psicóloga Mariana Pelizer traz para o debate o tema “Clínica dos Afectos – A potência dos encontros”. A profissional desenvolve projetos utilizando a arte relacionando a psicologia e a saúde mental.

    Com o tema “Quem quer sofrer? Sobre a dor e a medicalização da vida”, o médico e professor da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Antônio de Pádua, aborda o uso de medicamentos no tratamento de doenças relacionadas a saúde mental.

    Data comemorativa

    O Dia Internacional da Saúde Mental, lembrado em 10 de outubro, é uma oportunidade de conscientizar e mobilizar a população sobre questões de saúde mental. Em 2019, a Organização Mundial de Saúde, traz como tema a prevenção do suicídio, com a campanha “40 segundos para agir”.

    Conforme a OMS, a cada 40 segundos uma pessoa comente suicídio no mundo. A organização aponta que, por ano, cerca de 800 mil pessoas no mundo cometem ou tentam suicídio, segunda maior causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos.

    *Com informações da assessoria