Escolas de ensino militar


Vídeo: Ministério da Educação inicia adesão às escolas militares no AM

A proposta é uma opção para diminuir os índices de criminalidade dentro e fora das escolas

Assista a reportagem | Autor: Larisse Neves/ TV Em Tempo

Além dos colégios da rede municipal, a rede estadual do Amazonas pode ser contemplada
Além dos colégios da rede municipal, a rede estadual do Amazonas pode ser contemplada | Foto: Reprodução TV Em Tempo

Manaus- O Ministério da Educação (MEC) vai começar a atender aos governos estaduais que solicitaram adesão ao programa nacional de escolas cívico-militares. Manaus e municípios do interior solicitaram adesão ao programa nacional de escolas cívico-militares.

Ensino diferenciado

Grade curricular comum, mas com uma estrutura disciplinar diferente é a proposta do MEC. Até o momento, 643 municípios do Brasil informaram ao governo que gostariam de ter escolas do modelo.

O pedido de adesão terminou na semana passada, mas ainda tem alguns chegando por correio. Os que foram enviados dentro do prazo vão ser aceitos e os colégios, que fizerem parte do programa, vão passar a ser administrados por militares da reserva. A ideia é reestruturar a parte disciplinar.

O governo federal deve divulgar a lista com as escolas contempladas no próximo dia 15 de novembro. Na primeira fase, vão ser escolhidas 54 instituições, mas a expectativa é que até 2023, último ano do primeiro mandato do presidente Jair Bolsonaro, esse número suba pra 216 escolas. Além dos colégios da rede municipal, a rede estadual do Amazonas pode ser contemplada.

Assista à reportagem da TV Em Tempo:

Assista a reportagem | Autor: Larisse Neves/ TV Em Tempo
 

Texto Web: Bruna Oliveira