Fonte: OpenWeather

    Trânsito


    Acidentes de trânsito reduzem 9,2% no Amazonas

    Entre janeiro e julho de 2018 e 2019, acidentes de trânsito com vítimas fatais no Amazonas apresentaram queda

    Manaus é a quinta cidade com trânsito mais violento no Brasil | Foto: Josemar Antunes

     Manaus - Os acidentes de trânsito com vítimas fatais no Amazonas totalizaram 158 casos entre janeiro e julho de 2019, que representam a redução de 9,2% em comparação ao mesmo período de 2018, com 175 acidentes de trânsito com vítimas fatais. Os dados foram divulgados pelo Departamento Estadual do Amazonas (Detran-AM).

    Apesar da redução dos números com vítimas fatais em acidentes de trânsito, Manaus é a quinta cidade com trânsito mais violento no Brasil, de acordo com o levantamento de indenizações de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT).

    Em Manaus, as avenidas Autaz Mirim e Cosme Ferreira, ambas localizadas na Zona Leste da capital, estão entre as principais vias em que mais ocorrem acidentes de trânsito.

    Casos de apenas com danos materiais tem ocorrido constantemente na capital, como é o exemplo da jornalista Natascha Dantas, que sofreu um acidente de trânsito com perda total do carro.

    "Um caminhão bateu na lateral traseira esquerda do carro, fui parar na frente dele e ele saiu me levando por um bom trecho. O meu carro acabou, foi perda total. Quem me socorreu foram os funcionários de uma empresa que viram tudo e eu tive que sair pelo lado do passageiro porque a minha porta não abriu, mas o motorista assumiu o erro e prestou socorro. Fisicamente, eu não me machuquei, fiquei só com dor de ouvido e um pouco de dor no ombro esquerdo", comenta.

    Acidentes com danos materiais acontecem com frequência
    Acidentes com danos materiais acontecem com frequência | Foto: Divulgação

    Dantas também destaca o procedimento realizado após o acidente de trânsito e a importância de ter uma asseguradora. "Eu fiz um Boletim de Ocorrência na delegacia e também tive que ir no Instituto Médico Legal (IML) para fazer um corpo de delito. A empresa do caminhão pagou o sinistro do seguro e a asseguradora que tinha contrato indenizou o valor do carro", destaca.

    O Detran-AM ressalta que em casos de colisões com danos materiais é recomendável tirar fotos da batida, mostrando ao máximo de detalhes, inclusive a sinalização da vida e remover os veículos para não atrapalhar o trânsito. O acordo entre os motoristas deve ser realizado fora da via, de uma forma segura, e formalizar o acordo com o Juizado Móvel e a perícia do Detran.

    Seguro DPVAT

    Com o objetivo de assegurar as vítimas de trânsito, sejam pedestres ou motoristas, o Seguro de Danos Pessoais Causadas por veículos automotores de vias Terrestres (Dpvat) indeniza as vítimas sem apuração de culpa - podendo ser motorista, passageiro ou pedestre em todo território nacional. O seguro oferece a cobertura para três opções: em caso de morte, invalidez permanente e reembolso de despesas médicas e hospitalares da rede privada de saúde.

    No Amazonas, o pagamento do seguro pode ser realizado por proprietários de veículos automotores por meio do pagamento anual de uma quantia paga, por cota única ou primeira parcela do IPVA.

    As avenidas Autaz Mirim e Cosme Ferreira estão entre as mais perigosas
    As avenidas Autaz Mirim e Cosme Ferreira estão entre as mais perigosas | Foto: Divulgação

    Tipos de acidente de trânsito

    Falta de atenção, sono, desrespeito à sinalização, uso de álcool e drogas, uso indevido de celular ou por imprudência, que podem ter vítimas fatais, lesionadas ou apenas danos materiais conforme a gravidade.

    Os motivos que levam os acidentes de trânsito são os mais diversos e, de acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT), existem 15 tipos de acidente de trânsito. Entre os mais comuns estão quando o carro saí da posta; choque com objeto fixo, capotagem, colisão frontal, saída da pista e atropelamento.

    De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), as infrações no trânsito podem ser consideradas leves, medias, graves ou gravíssimas. E apesar de ser muito frequente e parecer inofensivo, o uso de celular é uma das principais causas de acidente no trânsito. A prática é considerada uma infração gravíssima, sendo passível de multa de R$293,47 além de render 7 pontos na carteira Nacional de Habilitação (CNH).

    Acidentes de trânsito devido o uso do celular pode ser considerado como crime intencional
    Acidentes de trânsito devido o uso do celular pode ser considerado como crime intencional | Foto: Reprodução

    Maio Amarelo

    Com o objetivo de conscientizar mortes e feridos no trânsito, o mês de maio é dedicado a campanha internacional de prevenção a acidentes de trânsito - conhecido como “Maio Amarelo”. A campanha ocorre devido o decreto de 11 de maio de 2011 da Organização de Nações Unidas (ONU) como a Década de Ação para segurança no Trânsito.

    No Amazonas, durante o mês de maio, campanhas educativas e de prevenção são realizadas pelos órgãos públicos municipais e estaduais responsáveis pelo ordenamento, fiscalização do trânsito e mobilidade urbana, além de empresas do setor privado, entidades de classe, federações e organizações da sociedade apoiam a campanha para conscientizar a redução de acidentes de trânsito.