Fonte: OpenWeather

    Ano Novo


    Operação Réveillon 2020 terá 2,5 mil servidores da segurança pública

    Além de ações desencadeadas nos bairros da capital, haverá reforço nos municípios de Presidente Figueiredo, Manacapuru e Humaitá

    Governador também anunciou medidas para os presídios. | Foto: Divulgação

    Governador também anunciou medidas para os presídios.
    Governador também anunciou medidas para os presídios. | Foto: Divulgação

    Manaus - O governador do Amazonas, Wilson Lima, lançou na tarde desta terça-feira (31), na praia da Ponta Negra, a Operação Réveillon 2020. Sob a coordenação da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), a ação vai contar com mais de dois mil servidores focados em garantir a paz nos festejos da virada de ano em Manaus. Além de ações nos bairros da capital, haverá reforços em cinco eventos de passagem de ano na cidade.

    "Há algum tempo nós temos construído nosso planejamento para essa virada de ano, nós já tivemos um resultado muito positivo durante o Natal. Vamos atuar com 2,5 mil homens só das forças de segurança, incluindo Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e também Detran. Só aqui na capital, nós vamos trabalhar com 1,5 mil homens e vamos ter o apoio também no interior de mais 800 homens", disse o governador durante a coletiva. 

    Wilson Lima também anunciou o reforço do efetivo nos municípios de Presidente Figueiredo, Manacapuru e Humaitá. Para o sistema prisional também foram tomadas providências. "Só neste mês de dezembro, já fizemos duas revistas nos presídios. A última foi realizada ontem na unidade do Puraquequara. Nós temos um 'patrulhão' formado por policiais das forças especiais que passam a noite fazendo patrulha para evitar que qualquer incidente aconteça, e se acontecer, a policia deve agir rapidamente para conter", afirmou. 

    Durante a operação, 2,2 mil policiais militares estarão fazendo a segurança da população nos locais onde acontecem as festas de Réveillon gratuitas, como Ponta Negra, Cidade Nova (Shopping Phellipe Daou – Av. Camapuã), Educandos, Viver Melhor e Colônia Antônio Aleixo. O efetivo da Polícia Militar também vai contar com 82 viaturas (entre carros e motocicletas), três lanchas e uma aeronave.

    A Polícia Civil do Amazonas irá reforçar a operação com 140 policiais, que estarão de plantão nos Distritos Integrados de Polícia (DIP). Além disso, 80 bombeiros militares estarão estrategicamente posicionados nos principais pontos de comemoração na cidade para prevenção e atendimentos. Já o Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) realizará operação Lei Seca das 18h do dia 31 de dezembro até às 6h do dia 1º de janeiro, em Manaus.

    Ao todo, serão cinco delegais funcionando em regime de plantão, em todas as zonas da cidade. Na praia da Ponta Negra, que tradicionalmente recebe um público maior, terá uma delegacia móvel. 

    O governador encerrou sua fala dizendo que 2019 foi um ano difícil, mas espera que a noite seja de comemoração pelo ano que se inicia.