Fonte: OpenWeather

    Corrente do bem


    Caderno com tese de doutorado de aluna é encontrado, em Manaus

    Material estava a seis quilômetros distante do local em que houve o furto. Lorena agradeceu aos compartilhamentos nas redes sociais

    Lorena teve o carro arrombado e objetos furtados no último domingo (30) | Foto: Reprodução

    Manaus- Depois de pedir ajuda e mobilizar a internet na última segunda-feira (30), em busca do caderno com as anotações da tese de doutorado. A biotecnologista Lorena Leles, de 24 anos, informou que uma moça identificada como Isabela Timóteo encontrou o material e devolveu à dona. A mochila com os cadernos de Lorena foi furtada do seu veículo na madrugada do dia 29.

    Os cadernos foram encontrados cerca de seis quilômetros longe do local do furto, no bairro Cachoeirinha, Zona Sul da cidade. O material estava dentro de uma lixeira, em frente à casa de Isabela que preferiu pegar e testificar se pertenciam ou não à Lorena. "Ela compartilhou nas redes sociais e pediu para que chegasse até mim. Foi uma corrente do bem. Achei que não teria mais meu caderno", relatou Lorena. 

    O furto aconteceu nas proximidades da praça Jéferson Peres, localizada entre a avenida Sete de Setembro e a rua Lourenço da Silva Braga, no bairro Centro, Zona Sul de Manaus. Na ocasião, uma mochila e algumas sacolas foram retiradas do veículo. Lorena encontrou o carro com o porta-malas arrombado e se deparou com a falta da mochila por volta das 4h. No mesmo dia do ocorrido foi registrado um Boletim de Ocorrência.

    Desde então, Lorena mobilizava amigos em suas redes sociais na procura do caderno, o que ela considerava o mais importante. Na esperança de encontrar o material de estudo, Lorena e amigos foram no último domingo (29) às proximidades do local para procurar os cadernos, que possivelmente poderiam ter sido descartados.

    Lorena agradeceu em suas redes sociais aos compartilhamentos e pessoas que ajudaram na procura do material "Só passando para desejar um feliz ano novo porque, agora, sim 2020, você rendeu, hein! A "moça do caderno amarelo" está passando para dizer que os cadernos foram encontrados! Obrigada anja Isabela Timóteo e obrigada por todo mundo que compartilhou e tornou isso possível. Vocês são demais", agradeceu.