Fonte: OpenWeather

    Infraestrutura


    Obras na Constantino Nery e Manoa passam de 65% para a conclusão

    Já é possível visualizar estruturalmente as saídas da passagem de nível que vai levar os motoristas da rua João Valério para o bairro São Jorge ou para a avenida Constantino Nery

    A estrutura, em anel viário, vai dar vazão a diferentes sentidos, desafogando o trânsito no local | Foto: DIVULGAÇÃO/SEMCOM

    Nos próximos meses, Manaus ganhará dois importantes anéis viários que ajudarão a desafogar o trânsito da cidade. Nesta sexta-feira (3), o prefeito Arthur Virgílio Neto visitou o canteiro das obras dos anéis viários da avenida Constantino Nery, zona Centro-Sul, e do conjunto Manoa, zona Norte, e constatou o avanço dos trabalhos.

    “As duas obras vão se completar e serão muito úteis. Manaus está conectada com Manaus mesmo. Queremos isso, encurtar caminhos, poupar combustível, tempo e dar um ar metropolitano para a cidade”, afirmou o prefeito, durante visita ao complexo viário Ministro Roberto Campos, na avenida Constantino Nery.

    Nesta obra já foram executadas 1.600 estacas e os trabalhos já passam de 65% de conclusão. Em fase de acabamento da primeira etapa do pavimento rígido, já é possível visualizar estruturalmente as saídas da passagem de nível que vai levar os motoristas da rua João Valério para o bairro São Jorge ou para a avenida Constantino Nery.

    “É um obra monumental, talvez a maior que se tenha feito na nossa terra em qualquer época. Nesse local onde estamos está chegando a hora de abrirmos essa cortina que foi colocada para suportar o trânsito em cima. Com isso, quando tudo estiver pronto, o veículo que vem pela (avenida) João Valério terá uma bifurcação para o São Jorge e demais bairros e também para o Centro, pela Avenida Constantino Nery”, explicou o prefeito, dentro de uma das trincheiras que estão senda abertas abaixo da Constantino Nery.

    Ainda no complexo viário Ministro Roberto Campos, o prefeito anunciou que o complexo será revestido com material antipichação. “As paredes pegarão duas mãos de tinta e uma terceira com material antipichação e quando alguém quiser pichar, apesar de não achar que alguém fará isso em algo tão bonito, a pichação vai virar líquido, escorrer, o que mostra que é uma obra sofisticada”, explicou Arthur.

    Manoa

    No complexo viário Professora Isabel Victória, localizado na avenida Max Teixeira, no Manoa, as obras já chegam aos 35% de execução. A implantação dos pilares de sustentação no solo está sendo finalizada para, posteriormente, receber as vigas pré-moldadas que darão forma à obra.

    “Estávamos avançando com obras que estavam debaixo da terra. Era uma fase onde não se via a obra propriamente dita, mas que agora começa a se mostrar. Aqui, na Max Teixeira, tivemos que trabalhar fortemente a infraestrutura do solo, por isso demorou mais para aparecer, ao contrário da Constantino, onde a base foi preparada com maior celeridade”, pontuou o prefeito.

    Com a base central finalizada, os serviços se concentrarão nas laterais do complexo. A estrutura, em anel viário, vai dar vazão a diferentes sentidos, desafogando o trânsito no local.

    *Com informações da assessoria